Imagem da matéria: Coinbase Pro finalmente lista Shiba Inu (SHIB) e moeda dispara 20%
Foto: Shutterstock

A exchange Coinbase anunciou na noite de quarta-feira (8) que iria listar a criptomoeda Shiba Inu (SHIB) na sua plataforma profissional de trade, fazendo o preço da moeda disparar 20% nas últimas 24 horas. De acordo com um tweet da corretora, a moeda estará disponível para negociação a partir das 13h (de Brasília) desta quinta-feira (9).

A Coinbase destacou que quando houver fornecimento suficiente, os livros de pedidos de SHIB com os pares USD e USDT serão lançados em três fases: post-only, limit-only e negociação total. Caso as condições não atendam à avaliação da exchange de um mercado saudável e ordenado, o trade pode ser suspenso.

Publicidade

Essa já é a segunda vez que a Coinbase Pro sinaliza o interesse em trazer a criptomoeda meme para a plataforma. Quando anunciou a listagem pela primeira vez em junho, a moeda acabou não sendo disponibilizada para trade por causa de uma série de problemas técnicos. 

Três meses depois, a corretora retorna com a listagem oficial da SHIB. Vale lembrar que o token estará disponível apenas na versão ‘Pro’ da Coinbase, e não na Coinbase.com ou na versão mobile da exchange. 

Alta da Shiba Inu

Assim como aconteceu três meses atrás, a Shiba Inu aproveitou o “efeito Coinbase” para valorizar. Pouco mais de uma hora depois do anúncio da listagem, o preço da moeda saltou de US$ 0,0000058 para uma máxima no dia de US$ 0,0000079 — uma valorização de 36% segundo o CoinMarketCap.

Nesta quinta, a cotação do token recua para US$ 0,0000071, mas ainda é capaz de manter uma alta de 20% no dia. Apesar da recuperação, a SHIB ainda está muito distante da máxima histórica de US$ 0,000038 que alcançou em meados de maio, época em que a moeda valorizou 40.000%.

Publicidade

A boa fase da Shiba Inu passou rápido e desde então, a meme coin perdeu mais de 80% dos seus ganhos, caindo para a 55ª posição no ranking das principais criptomoedas do mercado, com uma capitalização atual de US$ 2,8 bilhões.

A Shiba Inu é uma das principais meme coins que tentaram surfar no hype da Dogecoin (DOGE). Um dos seus pontos negativos, no entanto, era um fornecimento exagerado de 1 quatrilhão de SHIB, problema que o projeto tentou resolver enviando metade de todos os tokens emitidos para a carteira de Vitalik Buterin, o criador do Ethereum.   

Buterin resolveu queimar boa parte dos tokens que recebeu — na época uma quantia equivalente a US$ 6,7 bilhões — antes de doar uma parcela das moedas para um projeto de apoio às vítimas da Covid-19 na Índia. 

Apesar da boa ação,  a desvalorização e a sua falta de liquidez da SHIB permitiu que apenas 2% de trilhões de tokens doados por Buterin para caridade fossem usados.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

A Base, da Coinbase, acumulou mais de US$ 6 milhões em lucros on-chain em maio no ecossistema de segunda camada Ethereum, com a Blast bem atrás em segundo
mescla de dólares e moedas de bitcoin sobre a mesa

Fundos de criptomoedas captam US$ 2 bilhões na primeira semana de junho

EUA foram responsáveis por quase todo fluxo de entradas dos fundos de criptomoedas, enquanto o Brasil segue com terceiro melhor resultado no acumulado de 2024
Imagem da matéria: Hacks de criptomoedas roubaram US$ 19 bilhões desde 2011 e atividades ilegais seguem crescendo

Hacks de criptomoedas roubaram US$ 19 bilhões desde 2011 e atividades ilegais seguem crescendo

Relatório da Crystal Intelligence mostra que em 13 anos ocorreram 785 casos de roubos de criptomoedas, no valor total de US$ 19 bilhões
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin celebra 11 anos com nova assinatura de marca

Mercado Bitcoin celebra 11 anos com nova assinatura de marca

Completando 11 anos, o MB introduz um novo posicionamento de marca, caracterizado por uma atualização na identidade visual