Imagem da matéria: CME bate recorde de contratos futuros de bitcoin em meio a expectativa de ETF nos EUA
Foto: Shutterstock

A quantidade de dinheiro reservada em contratos futuros de bitcoin atingiu nesta segunda-feira (18) uma máxima histórica de US$ 3,6 bilhões na Chicago Mercantile Exchange (CME), a maior bolsa de derivativos do mundo.

De acordo com os dados do Bybt, as negociações de contratos futuros de bitcoin na plataforma mais do que dobrou em outubro — no primeiro dia do mês esse produto movimentava US$ 1,7 bilhão.

Publicidade

O valor representa quantos dólares estão depositados em contratos em aberto (open interest) de futuros de BTC e que ainda não foram liquidados com posição de compensação. A maior quantia vista até então neste produto foi de US$ 3,2 bilhões, registrada durante o rali do bitcoin em fevereiro.

Desde então, o número não havia sido superado durante os outros movimentos de alta da criptomoeda, nem mesmo em abril, quando o ativo atingiu sua máxima histórica de US$ 64.860.

Até que na última sexta (15), o recorde foi ultrapassado em meio a antecipação do mercado de que finalmente os reguladores norte-americanos iriam permitir o lançamento de um fundo negociado em bolsa (ETF, na sigla em inglês) vinculado ao bitcoin.

A expectativa é que o ETF de futuros de bitcoin da ProShares chegue à Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) já na manhã de terça-feira (19) sob o ticker $BITO. A informação foi confirmada ao The New York Times tanto pela bolsa quanto pelo CEO da empresa, Michael Sapir, que disse ao jornal que “2021 será lembrado por este marco”.

Publicidade
Contratos futuros de bitcoin na CME
Contratos futuros de bitcoin na CME (Fonte: Bybt)

Alta de contratos futuros na CME

Diferente dos ETFs cripto presentes na bolsa brasileira que são baseados no mercado à vista, o produto que chega nos Estados Unidos vai representar apenas contratos futuros de bitcoin negociados na CME, o que oferece ao investidor uma exposição mais indireta à criptomoeda.

Deste modo, já era esperado que os novos produtos fizessem disparar as negociações de futuros de bitcoin na Bolsa de Chicago. Além da quebra de recorde sinalizada anteriormente, dados da Glassnode compartilhados no Coindesk também indicam que o número total de contratos pendentes na CME subiu para 56.410 no mês, um aumento de 60%.

Outros tipos de produtos derivativos baseados no criptoativo também estão em alta. Nesta segunda-feira, a Glassnode mostrou no Twitter que os contratos em aberto de opções de bitcoin aumentaram 107% (US$ 6,3 bilhões) desde as baixas de setembro.

“Parece que uma grande parte desse volume é proveniente de touros, com as opções de compra vencendo em 31 de dezembro de 2021. Os touros de bitcoin favorecem preços de exercício acima de US$ 100 mil, dando uma visão geral de um sentimento positivo do mercado”, escreveu a empresa de análises. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Dogecoin está se aproximando de uma "cruz dourada": o que isso significa?

Dogecoin está se aproximando de uma “cruz dourada”: o que isso significa?

Média móvel simples de 50 semanas (SMA) do preço spot da Dogecoin está atualmente em alta e pode passar barreira das 200 semanas
Imagem da matéria: Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação

Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação

A plataforma peer-to-peer focada na moeda de privacidade Monero (XMR) citou “uma combinação de fatores internos e externos” para sua decisão de fechar as portas
Imagem da matéria: Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Pump.fun: site que permite criar memecoin por apenas R$ 15 bate recorde de atividade

Entre os 14.500 tokens lançados na Solana por meio do pump.fun, milhares eram baseados na GameStop
Imagem por detrás de uma pessoa algemada

Interpol prende hacker que roubou R$ 260 mil da Polícia de Buenos Aires e lavou fundos com USDT

Liderado por um venezuelano, preso nos EUA, o grupo roubou R$ 8 milhões de entidades argentinas através de um malware de origem brasileira