Imagem da matéria: Chineses já estão recebendo salários com Yuan Digital
Foto: Shutterstock

Os funcionários de uma das maiores varejistas da China já estão recebendo seus salários com a Yuan Digital. O e-commerce JD.com oferece aos seus funcionários a opção de serem pagos com a moeda digital do banco central (CBDC).

A forma de pagamento é oferecida desde janeiro pela empresa, mas só foi divulgada segunda-feira (26), conforme noticiou o portal TechCrunch.

Publicidade

Apesar do yuan digital ainda não estar lançado, o Banco Popular da China (PBOC) vem intensificando os testes da moeda nas principais cidades do país. 

No projeto piloto, o governo distribui os tokens para alguns cidadãos sorteados, que podem gastar o saldo em lojistas selecionados, como a JD.com. Em dezembro, ela se tornou a primeira plataforma virtual do país a aceitar a CBDC como forma de pagamento. 

Além disso, a empresa também afirmou que está usando o yuan digital para pagar empresas parceiras.

Assim como a JD.com, outras companhias importantes na China também estão ajudando o banco central a testar a nova moeda. Entre os nomes mais conhecidos está a fabricante de eletrônicos Huawei e a Tencent Holdings, gigante de serviços de internet e jogos. 

Nessa semana também foi descoberto que a fintech Ant Group, do famoso empresário Jack Ma, auxilia de forma direta no desenvolvimento da CBDC desde 2017, conforme noticiou o South China Morning Post.

Publicidade

Yuan digital

A moeda digital da China está sendo desenvolvida desde 2014, mas ainda não há uma data oficial para o seu lançamento. 

O governo chinês quer que a moeda esteja operacional já em fevereiro do ano que vem, quando acontecerá em Pequim os Jogos Olímpicos de Inverno.

A ideia é que o yuan digital substitua gradativamente o dinheiro físico em circulação no país. No entanto, a CBDC está no radar dos Estados Unidos. A administração de Joe Biden teme que a moeda chinesa ameace o domínio global do dólar americano

Poucos dias depois que essas preocupações vieram à tona, o vice-governador do Banco Popular da China, Li Bo, disse em uma conferência que o objetivo do yuan digital não é substituir o dólar. Segundo ele, a internacionalização da moeda acontecerá de forma natural.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e volta para US$ 63 mil; Toncoin salta 17% com expectativa para lançamento da Notcoin

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e volta para US$ 63 mil; Toncoin salta 17% com expectativa para lançamento da Notcoin

Toncoin valoriza com a notícia do lançamento de um dos tokens mais esperados da rede: Notcoin (NOT)
Imagem da matéria: Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Em um processo judicial, a SEC argumentou que a Coinbase não pode exigir que o regulador escreva novas regras para o setor cripto
Presidente do Banco Central Roberto Campos Neto falando diante de um microfone

Presidente do Banco Central se reúne com MB um dia após anunciar agenda da regulação do mercado cripto

O Banco Central divulgou ontem os próximos passos para a regulação do setor cripto e espera concluir o processo até o final de 2024