Imagem da matéria: Maior Cervejaria do Mundo usa Blockchain do Ethereum para Campanhas Publicitárias
(Foto: Pixabay)

A maior cervejaria do mundo, a belgo-brasileira Anheuser-Busch InBev (AB InBev), lançou sua primeira campanha publicitária através do aplicativo de marketing móvel ‘Kiip’, que usa a tecnologia blockchain do Ethereum para registrar e rastrear dados.

De acordo com um comunicado de imprensa da Kiip, a parceria com a multinacional foi realizada com foco em inovações que tornem as partes essenciais da marca mais relevante para os consumidores, promovendo transparência dentro da cadeia de fornecimento de anúncios para dispositivos móveis.

Publicidade

A campanha foi construída para se conectar melhor com os consumidores de maneira envolvente, significativa e também com o intuito de a empresa se libertar das técnicas tradicionais de publicidade. Um dos objetivos, também, é monitorar e, eventualmente, expandir o alcance de um determinado anúncio.

“Estamos preparando a empresa para os próximos 100 anos. Isso só pode ser feito interrompendo os paradigmas existentes por meio da inovação, colocando os consumidores no centro de tudo o que fazemos”, disse Lucas Herscovici, vice-presidente do departamento de Marketing Global da AB InBev.

A ação ocorre há duas semanas e promove cinco das maiores marcas da empresa: Budweiser, Bud Light, Michelob Ultra, Limeatrita e Estrella.

De acordo com o CEO da Kiip, Brian Wong, a campanha ajuda a diminuir a quantidade de tempo que os clientes levam examinando dados do nível de impressão, uma pesquisa dos melhores locais para veiculação de anúncios que incluem impressões, engajamento e preço, segundo publicação do Adweek.

Publicidade

Além disso, os clientes pagam apenas os anúncios que atendam aos critérios pré-estabelecidos, pois estão sendo executados com a ajuda de contratos inteligentes uma maneira de conduzir, verificar e impor digitalmente transações no blockchain.

Questionado sobre a comparação de preço entre uma campanha blockchain e uma tradicional, Wong disse que fica 1% mais caro. Ele também expõe o quão complexo é o sistema.

“O maior problema com blockchain em publicidade é que há muitos conceitos teóricos”, disse ele.

No Twitter, a Kiip demonstrou satisfação com a parceria e por ser a primeira campanha de anúncios móveis com o uso da tecnologia blockchain.

Wong retuitou: “Super animado com a parceria com a @KiiP. Mais detalhes em minha sessão de blockchain em Cannes, no dia 20 de junho, às 10h30”.

Publicidade

“Pode parecer uma façanha, mas este é um experimento sério. Há muitas empresas por aí tentando capitalizar a tendência do blockchain. Eu não posso falar por eles, mas no mundo da publicidade, blockchain tem valor real para a transparência e prestação de contas”, disse chefe global de mídia e conteúdo da AB InBev, Andy Chang, segundo o site Adexchanger.

Apostas na blockchain

Não é a primeira vez que a AB InBev se envolve com as novas tecnologias do mercado de criptomoedas. Em março deste ano, a empresa se juntou a um consórcio para experimentar o sistema do blockchain no transporte marítimo.

Em parceria com a empresa de consultoria Accenture, empresas de contêineres e de logística, a AB InBev quis testar se o blockchain reduziria os custos operacionais e aumentaria a visibilidade da cadeia de suprimentos.

Na ocasião, o vice-presidente de logística internacional da empresa, Danillo Figueiredo, disse que “a tecnologia Blockchain será transformadora para os negócios da empresa e também para o mundo, pois ela reduz erros, digitaliza informações e melhora o processo da cadeia de fornecimento”, segundo publicação da Coindesk.

Leia também: Controlador da Mt. Gox não Poderá mais Despejar Bitcoins no Mercado

 

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Grupo criou aplicação para conectar via blockchain produtores de energia e estações de abastecimento, com a mira no mercado de carros elétricos
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15