Imagem da matéria: Carrefour instala novos caixas eletrônicos de criptomoedas em unidades pelo Brasil
(Foto: Shutterstock)

O Carrefour está anunciando a expansão na instalação de caixas eletrônicos de criptomoedas em suas unidades, em parceria com a rede de caixas eletrônicos para a compra e venda de criptomoedas, a Coin Cloud, que possui mais de 5.800 ATMs instalados no mundo. 

A iniciativa é da Carrefour Property, unidade de negócios do Grupo Carrefour Brasil que atua na gestão e desenvolvimento do portfólio imobiliário da companhia.

Publicidade

Até o final de outubro, cinco novos caixas eletrônicos serão instalados nas galerias do Carrefour Property nas cidades de Curitiba, no Paraná, Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e Recife, em Pernambuco. No estado de São Paulo, Sorocaba e São José do Rio Preto também foram contempladas com um ATM em cada município.  

Com isso, o Carrefour Property amplia o número de caixas eletrônicos de criptomoedas para nove. No primeiro trimestre, o Jardim Pamplona Shopping, em São Paulo, e os hipermercados Ribeirão Preto, Osasco e Tamboré, em Barueri, na região metropolitana de São Paulo, foram os primeiros locais a receber os ATMs. 

Os caixas eletrônicos permitem negociar criptomoedas mediante um cadastro simples e apresentação de documentos de identificação. O processo é feito todo pela câmera da máquina. Depois deste processo, o cliente acessa sua carteira digital de criptomoedas via QR Code e faz a transação usando papel-moeda. 

A expansão da Coin Cloud pelo Brasil visa abarcar todo tipo de investidor de criptomoedas, inclusive os menos habituados às transações digitais e que se sentem mais seguros operando soluções que já conhecem, como os caixas eletrônicos.  

Publicidade

“A proposta da Coin Cloud é democratizar o uso de criptomoedas, dando às pessoas a oportunidade de conhecer ou explorar com maior frequência esse mundo de maneira segura via caixas eletrônicos, uma tecnologia que tem a confiança do brasileiro e com a qual todos já estão acostumados”, diz Isabela Rossa, country manager da Coin Cloud no Brasil.  

Democratização das moedas digitais 

As transações via criptomoedas ou moedas digitais têm crescido no Brasil por conta do aumento do conhecimento dos investidores de diferentes níveis sobre as possibilidades do mundo cripto. Entre junho e julho de 2022, o total de pessoas que declararam movimentação de criptomoedas à Receita Federal saltou de 790 mil para mais de 1,3 milhão.  

Entre janeiro e julho, o crescimento da quantidade de investidores desse tipo de ativo foi de 200% em todo o território nacional. Para o Carrefour Property, disponibilizar ao seu público uma ferramenta segura e fácil de operar é promover o embarque de cada vez mais pessoas na economia do futuro.  

“Trazer inovação para os nossos espaços é um dos pilares do Grupo Carrefour Brasil e estamos acompanhando essa tendência do uso das criptomoedas pelos consumidores. Além disso, buscamos cada vez mais trazer conveniência e praticidade aos clientes das galerias comerciais e shoppings administrados pelo Carrefour Property, oferecendo sempre a possibilidade de realizarem diversas atividades em um mesmo local, otimizando seu tempo”, explica Patrícia Lima, Gerente Comercial do Carrefour Property. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: 8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

Expectativa agora é que Ethereum possa renovar sua máxima histórica de novembro de 2021 e passar com folga a marca dos US$ 5 mil
máquinas de mineração de criptomoedas apreenidas em

Polícia apreende 396 mineradoras de Bitcoin em casa de ex-deputado paraguaio

Miguel Cuevas, que já foi preso por enriquecimento ilícito, agora pode também ser investigado por furto de energia
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bitcoin é uma “forma de arte” e uma moeda de desconfiança, diz filósofo Yuval Noah Harari

O filósofo, no entanto, mostrou desconfiar se realmente o Bitcoin será o futuro do dinheiro como algumas pessoas defendem
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool