Imagem da matéria: Lojas do Carrefour em Dubai terão seus produtos rastreados por blockchain
(Foto: Shutterstock)

Lojas da gigante varejista Carrefour em Dubai, nos Emirados Árabes, vão passar a rastrear produtos através da tecnologia blockchain. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (22) pela Majid Al Futtaim, principal franqueado da rede na região.

O rastreamento vai ficar por conta da solução IBM Cloud, da IBM Food Trust, que fechou parceria com Majid. “O Carrefour será o primeiro varejista da região a oferecer novas percepções com a transparência para seus clientes sobre a procedência de seus alimentos”, disse a empresa.

Publicidade

Para Hani Weiss, CEO da Majid, a confiança na transparência no fornecimento de alimentos está se tornando cada vez mais importante em todo o mundo, uma tendência acelerada pelas mudanças nas demandas dos consumidores e as subsequentes preocupações de saúde e bem-estar decorrentes da pandemia COVID-19″.

“É imprescindível que invistamos para garantir a qualidade em toda a cadeia de valor e, ao mesmo tempo, trabalhemos para construir uma sólida confiança e fidelidade do cliente”, concluiu.

De acordo com a nota, a iniciativa vai começar com duas categorias de produtos, que são de marca própria da instituição: frango Carrefour e microgreens.

Com a solução blockchain, os consumidores podem receber informações confiáveis ​​e imutáveis da cadeia de suprimentos e de como é produzido o produto apenas digitalizando o código QR na embalagem com um smartphone conectado à internet.

Publicidade

Os dados incluem a data e local de produção, como é feito o controle de qualidade, validade do produto e até mesmo a localização das fazendas ou qualquer lugar onde parte ou todo o processo tenha sido conduzido.

VOCÊ PODE GOSTAR
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump cobrará R$ 5 milhões de quem quiser dividir mesa com ele em evento de Bitcoin

Uma foto com Trump também custará caro aos participantes, indo de R$ 330 mil a R$ 550 mil
Bandeira do Japão

Gate.io de saída do Japão: empresa vai transferir clientes para corretoras de criptomoedas locais reguladas

A exchange deixará de aceitar novos registros de contas de residentes japoneses e iniciará o encerramento gradual dos serviços
moedas de bitcoin, ethereum e litecoin à frente de quadro negor, sob mesa de sala de aula

Itaú promove curso online gratuito sobre criptomoedas

O lançamento será na quinta-feira (25), com uma live especial no Youtube
Moedas de bitcoin sob bandeira da Argentina

Argentina sanciona lei que permite aumento de capital de empresas com criptomoedas

Javier Milei também nomeou um especialista em blockchain para liderar Agência Federal de Segurança Cibernética