Imagem da matéria: Cardano (ADA) dispara 25% com lançamento de nova bridge e crescimento do setor DeFi
(Foto: Shutterstock)

Nesta terça-feira (31), cardano (ADA), adversária do Ethereum, registra uma alta de quase 25% nas últimas 24 horas. Emmeados da manhã, ADA está sendo negociada a US$ 0,64, segundo dados do CoinMarketCap.

ADA é o token nativo da Cardano, a blockchain de primeira camada e proof of stake (ou PoS, na sigla em inglês) — não depende do processo de mineração — e uma forte competidora do Ethereum.

Publicidade

Agora, o token é a sexta maior criptomoeda, com uma capitalização de mercado de US$ 22 bilhões — ultrapassando XRP, da Ripple.

Apesar da recente ação de preço, ADA ainda está 79% distante de sua alta recorde de US$ 3,10, registrada em setembro de 2021.

Também houve um drástico aumento no volume negociado da moeda entre as principais corretoras de criptomoedas. Seu volume chegou a US$ 2,4 bilhões nas últimas 24 horas — uma alta de 272% em comparação ao dia anterior.

O que está fazendo Cardano subir?

Os principais motivos por trás da ação positiva de preço nesta terça-feira são a crescente atividade de Finanças Descentralizadas (ou DeFi) na blockchain de primeira camada e o lançamento da bridge Lagon, que conecta diferentes blockchains.

Publicidade

Em agosto de 2021, Cardano lançou sua bifurcação Alonzo, apresentando a capacidade de desenvolver aplicações DeFi na Cardano. Após o lançamento da bifurcação, a moeda disparou mais de 116% em menos de um mês, de acordo com o CoinMarketCap.

Desde que a bifurcação foi implementada, cerca de 92 aplicações descentralizadas (ou dapps) foram desenvolvidas na Cardano.

Atualmente, muitas dessas dapps estão registrando um aumento de atividade.

Segundo o DeFi Llama, o valor total bloqueado (ou TVL) na Cardano aumentou 32,33% nas últimas 24 horas, indicando uma crescente atividade DeFi. Neste momento, o TVL na Cardano é de US$ 156,85 milhões — em comparação aos US$ 118,5 milhões registrados na segunda-feira (30).

Gráfico representando o TVL na Cardano (Imagem: DeFi Llama)

Minswap, uma plataforma de corretora descentralizada (ou DEX) e o maior protocolo DeFi da Cardano, também registra um aumento na atividade por usuários. O TVL na plataforma aumentou 24,43%, de US$ 56,13 milhões para quase US$ 75 milhões nas últimas 24 horas, de acordo com o DeFi Llama.

Além da Minswap, outros protocolos, incluindo WingRiders e Sundaeswap (outras DEXs) e Meld (um protocolo de empréstimos), também registraram um aumento no TVL de pelo menos 15% nas últimas 24 horas.

Publicidade

Além do TVL, o volume total transacionado na Cardano também registrou um drástico aumento de US$ 9,57 bilhões para US$ 14,24 bilhões nas últimas 24 horas, segundo dados da Messari.

Nova bridge

Na última quarta-feira (25), a equipe da Lagon tuitou sobre o lançamento de uma bridge entre blockchains para facilitar transferências de tokens entre o Ethereum e a Cardano. Atualmente, a bridge é apenas compatível com a stablecoin USDC mas, em breve, estará disponível para todos os tokens padrão ERC-20.

“Acreditamos que nossa solução […] contribui ao desenvolvimento e crescimento da Cardano”, tuitou Lagon, a organização responsável pelo desenvolvimento da bridge que conecta o Ethereum à Cardano.

Enquanto isso, o bitcoin (BTC), a maior criptomoeda do mercado, subiu 3,5% nas últimas 24 horas e está precificado em US$ 31.739 mil.

Já o ether (ETH) subiu quase 4% e está sendo negociado a US$ 1.975 mil.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização