Imagem da matéria: Brasil tem 200 vagas para trabalhar com blockchain e criptomoedas; salários chegam a R$ 18 mil
Foto: Shuttertock

Em março, dezenas de empresas brasileiras e internacionais, como Deloitte, Mercado Bitcoin, Ripio e Binance, abriram vagas para trabalhar com blockchain e criptomoedas no Brasil.

No LinkedIn, na plataforma Indeed e em sites institucionais, segundo consulta feita pelo Portal do Bitcoin, há pelo menos 200 vagas disponíveis. Há oportunidades para estagiários, analistas e até gerentes. Os salários chegam a R$ 18 mil.

Publicidade

A GeekHunter, marketplace especializado na contratação de profissionais de tecnologia, está procurando um desenvolver sênior back-end que tenha conhecimento de mercado financeiro e blockchain para trabalhar em São Paulo (SP). O nome da empresa não foi revelado.

O salário, conforme anúncio publicado no Ideed, varia entre R$ 11,4 mil a R$ 13,4 mil. Uma das funções do colaborador será contribuir com a manutenção e o desenvolvimento da arquitetura de aplicações.

A recrutadora Camarmo Consultoria está atrás de um gerente de tecnologia e informação que entenda de blockchain para trabalhar em Fortaleza (CE). A função é gerenciar o setor de transformação digital da companhia, cujo nome não foi revelado. O salário, segundo anúncio, varia de R$ 16 mil a R$ 18 mil.

No LinkedIn, a consultoria Delloite anunciou uma oportunidade em São Paulo para auditor de TI. A empresa pede experiência com blockchain, IoT, segurança de informação e outros. O salário não foi divulgado.

Publicidade

Vagas em exchanges

O Mercado Bitcoin, maior exchange de criptomoedas do Brasil, tem 25 vagas abertas em seu site. Há oportunidades para analista contábil SR, analisa de comunicação pleno, desenvolvedores, engenheiros de dados e outros.

A Ripio, exchange argentina que recentemente comprou a corretora brasileira BitcoinTrade, procura um analista de Onboarding & KYC.
Em resumo, o colaborador responsável por essa função ficará a cargo da análise de documentações e cadastros dos clientes.

A Binance, maior exchange do mundo, tem duas vagas abertas no Brasil. A primeira é para gerente de operação local fiat. De acordo com a descrição da oportunidade, uma das funções do colaborador será lidar com questões regulatórias no Brasil.

A outra vaga na corretora é para analista de experiência do cliente. Entre as atribuições estão resolver conflitos com clientes e monitorar contas e transações de usuários.

Publicidade

Na exchange Foxbit há duas vagas. A primeira é para engenheiro de negociação back-end sênior, que terá como meta desenvolver um novo produto relacionado a automação de investimentos.

A corretora também procura um engenheiro móvel sênior para contribuir com o desenvolvimento de aplicativos utilizando Flutter (kit de desenvolvimento de código aberto criado pelo Google).

Nenhuma das quatro exchanges divulga salário.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos