Imagem da matéria: Bitmain lança mineradora de ethereum 30 vezes mais poderosa que GeForce da Nvidia
Imagem ilustrativa da Antminer E9 da Bitmain: Reprodução/Youtube

A Bitmain, maior mineradora de bitcoin do mundo, anunciou no sábado (24) sua nova versão em ASIC, voltada exclusivamente para mineração de ethereum. Batizada de Antminer E9, em vídeo, a empresa afirma que o novo dispositivo fornece uma taxa de hash de até 3 GH/s e que sua potência equivale a “32 placas de vídeo 3080”, o que remete o cliente à placa RTX 3080, um produto da linha GeForce da Nvidia.

A apresentação da Antminer E9 dura poucos segundos e descreve apenas algumas especificações do novo produto — 3 GH/s; consumo de 2556 watts; e uma eficiência de 0,85 J/M (joules por metro). “O que pode levar a indústria ao próximo nível?”, diz um trecho da propaganda, que acrescenta: “Antminer E9 Ethereum Miner será lançado oficialmente em breve”.

Publicidade

A mesma propaganda já havia sido feita no Twitter na semana passada, mas com apenas uma imagem e sem as especificações. Agora parece ser questão de pouco tempo para o produto ficar disponível na plataforma da empresa. A E9 é uma continuação da linha E3, lançada em 2018.

Do outro lado, a Nvidia tem procurado resolver a escassez de placas de vídeo, tornando-as menos desejáveis para mineradores. Em fevereiro deste ano, a empresa anunciou a Nvidia CMP, uma nova GPU voltada especificamente para a mineração de ethereum.

A empresa também está reduzindo o poder de computação de seus drivers gráficos RTX 3060, tornando-os menos eficientes para mineração.

Confira o vídeo:

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

MB lança Fist, primeiro token de Renda Variável Digital no setor de energia elétrica

O investimento, disponível pela primeira vez para pessoa física, possui validade de 30 anos, com dividendos que variam de 0,9% a 1,2% ao mês
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink