Imagem da matéria: Bitcoin não depende de aprovação de ETF para subir em 2024, diz Matrixport
Foto: Shutterstock

O preço do Bitcoin (BTC) pode continuar subindo em 2024 mesmo que os ETFs à vista não sejam aprovados nos EUA, disse o analista da Matrixport, Markus Thielen, em um relatório publicado na quarta-feira (13). Para ele, o maior evento que irá elevar o preço da maior criptomoeda do mundo é halving, que reduzirá pela metade a emissão de novos bitcoins.

Thielen explicou em números porque está tão confiante no BTC: “Desde a pandemia de Covid, a quantidade de dinheiro em fundos do mercado monetário dos EUA aumentou de US$ 3 trilhões para US$ 6,1 trilhões. Esse aumento significa que agora há cerca de US$ 370 bilhões pagos em juros a cada ano, o que equivale a cerca de US$ 1 bilhão todos os dias. Esse dinheiro pode facilmente encontrar seu caminho para investimentos mais arriscados, como ações e criptomoedas. Além disso, os 6,1 bilhões de dólares em capital também poderão ser usados ​​para aumentar os preços dos ativos.”

Publicidade

Outra tese destacada pelo analista está fundamentada em uma possível vitória do ex-presidente dos EUA, Donald Trump, nas eleições americanas de 2024, alinhada ao halving do Bitcoin, evento que reduz pela metade a emissão de novos BTCs.

Quanto ao halving, Thielen observou que nos eventos anteriores os preços do BTC subiram 192% em média. E no caso de Trump ser o próximo presidente dos EUA, o analista disse que há uma “alta probabilidade” de novas políticas impulsionarem tanto o mercado de ações quanto o das criptomoedas.

Além disso, o fato de o ex-presidente ter se envolvido com as criptomoedas através de NFTs, provavelmente apoiará outra iniciativa que consolide os ativos digitais na economia.

Para este fim de ano, porém, Thielen espera que os preços do Bitcoin permaneçam na faixa de US$ 40 mil a US$ 45 mil, se recuperando em janeiro, enquanto os traders observam possíveis datas de aprovação da SEC de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

O Departamento de Justiça dos EUA disse que a BitMEX se envolveu em “evasão intencional” das leis combate à lavagem de dinheiro
Bandeira do Japão

Gate.io de saída do Japão: empresa vai transferir clientes para corretoras de criptomoedas locais reguladas

A exchange deixará de aceitar novos registros de contas de residentes japoneses e iniciará o encerramento gradual dos serviços
antonio neto e fabricia campos braiscompany

Diretor do Procon explica como clientes da Braiscompany vão recuperar dinheiro

Segundo o promotor Romualdo Tadeu, já existe um processo coletivo contra a Braiscompany, mas clientes poderão pedir indenizações individualmente
moeda de bitcoin ao lado de celular com logo da mt gox

36% do Bitcoin da Mt. Gox já foi distribuído aos credores, diz analista

Com operação feita ontem, a Mt. Gox já distribuiu mais de um terço dos 141.686 BTC que deve aos credores