Imagem da matéria: Bitcoin está em um novo bull run? Mas esse pode ser diferente
Foto: Shutterstock

O preço do Bitcoin disparou e rompeu os US$ 13.000 após a notícia de que o PayPal adicionará recursos de compra e venda de criptomoedas à sua plataforma de pagamentos. No Brasil, o preço do BTC superou a máxima histórica de R$ 70.000, impulsionado pela desvalorização do real.

O Bitcoin manteve-se acima de US$ 12.500 por um longo período de tempo em 2017, antes de atingir o pico de US$ 20.000 por moeda. Desde então, e após o crash de 2018, o Bitcoin voltou a superar os US$ 12.500 apenas mais duas vezes – em junho e julho de 2019 – mas não conseguiu se manter acima dessa resistência.

Publicidade

Hoje, o Bitcoin está desafiando essa linha de preço pela terceira vez. E está sendo ajudado, evidentemente, pela decisão do PayPal de permitir a compra e venda de criptomoeda.

Este rali atual, no entanto, é diferente de qualquer outro na história ainda relativamente curta do Bitcoin.

Embora as altas anteriores (especialmente em 2017 e no início de 2019) parecessem parabólicas, a recente tendência de preços que começou em março é muito mais previsível e muito menos volátil. Isso pode apontar para um comportamento mais natural em termos gerais, com os traders menos dependentes de exageros ou notícias de última hora que têm apenas um efeito de curto prazo. Esta nova corrida de touros demonstra sem dúvida um padrão de crescimento muito mais saudável.

Evolução do preço do Bitcoin ao longo dos anos. Imagem: TradingView

Na verdade, os traders hoje parecem estar recebendo as grandes notícias com calma, ao invés de reagir de maneira desesperada. O Crypto Fear and Greed Index (Indicador de medo e ganância), desenvolvido pela plataforma de desenvolvimento de software Alternative.me, mostra que os traders estão atualmente em um “humor neutro a ligeiramente otimista”, com uma pontuação bem abaixo dos níveis de hype registrados ainda no início deste ano.

Além disso, fundamentos da rede como hashrate, por exemplo, estão renovando máximas históricas a cada semana. A quantidade de transações diárias realizadas já supera as 300 mil. Também diferente do último bull run, quando as taxas de transação superaram os US$ 50, dessa vez as taxas se encontram na casa dos US$ 2.

Publicidade

Se a tendência persistir, pode não demorar muito para que o Bitcoin alcance outro recorde histórico. Diferente das outras vezes, os fundamentos estão ai para dar o suporte necessário

*Com informações do Decrypt
VOCÊ PODE GOSTAR
Baleia

Baleias lucram US$ 1,2 bilhão em duas semanas com vendas de Bitcoin

As baleias estão vendendo BTC com mais força do que nunca, o que pode influenciar na queda da criptomoeda
Ilustração mostra mãos robótica segurando moeda de Bitcoin

Manhã Cripto: Tokens ligados à inteligência artificial ofuscam Bitcoin com ganhos de até 26% no dia

Fetch.ai e SingularityNET surpreendem com ganhos entre 24% e 26% nas últimas 24 horas
Imagem da matéria: Morte de John McAfee completa 3 anos; relembre a história do “pai do antivírus” e defensor do Bitcoin

Morte de John McAfee completa 3 anos; relembre a história do “pai do antivírus” e defensor do Bitcoin

Não importa o quão fascinante tenha sido sua visão libertária para anarcocapitalistas ou o quão decepcionante foi para seus seguidores sua vida regada a álcool e drogas: John McAfee teve um final trágico
bitcoin e ethereum em grafico vermelho de queda

Manhã Cripto: Bitcoin cai abaixo dos US$ 63 mil com instabilidade dos mercados

O Bitcoin caiu 3% nas últimas 24 horas e pode cair o suficiente para testar o nível de suporte de US$ 60 mil