Imagem da matéria: Bitcoin e criptomoedas recuam após forte alta
(Foto: Shutterstock)

Após subir 11% e registrar a maior alta diária desde abril, o Bitcoin opera em queda de quase 2% nas últimas 24 horas e é negociado a US$ 4.250 nas principais exchanges internacionais. No Brasil, a criptomoeda é cotada a R$ 16.411.

Até o momento, novembro caminha para ser um dos piores meses do ano, com uma desvalorização de 28%, atrás apenas de janeiro e março, que tiveram uma queda de 31,9% e 31,4% respectivamente.

Publicidade

O volume negociado continua acima do média do mês passado. Nas últimas 24 horas, mais de US$ 6 bilhões em BTC foram negociados. Em todas as criptomoedas, US$ 18 bi foram movimentados. No Brasil, 770 BTC foram negociados nas últimas 24 horas, equivalentes a quase R$ 13 milhões.

Mercado em queda

Seguindo o movimento do Bitcoin, mas em maior escala, as principais criptomoedas também estão caindo.

Apenas a TRON, que subiu 30% na quarta (28), conseguiu se manter positiva. O movimento de alta da criptomoeda coincidiu com algumas atualizações de desenvolvimento feitas recentemente pelo fundador Justin Sun. Ele twittou recentemente sobre o crescente número de aplicativos descentralizados sendo lançados no blockchain da Tron e impulsionou ainda mais o otimismo ao falar sobre como o volume de transações em sua exchange descentralizada, que atingiu novas máximas.

O Bitcoin SV, originado no fork do Bitcoin Cash, também opera em alta nos últimos sete dias apesar da queda nesta quinta. Após ter sido despejado no mercado, enquanto os usuários deram preferência pelo BCH, e ter sido negociado abaixo dos US$ 50, a criptomoeda subiu 115% e se aproxima dos US$ 100.

Enquanto isso, XRP continua na frente do ETH, com US$ 3 bilhões de valor de mercado a mais.

O valor de mercado total subiu US$ 20 bi desde a mínima anual e encontra-se em US$ 138 bi. O Bitcoin volta a aumentar seu marketcap, voltando a representar 54% do mercado cripto.

Publicidade
Cotação das principais criptomoedas (Imagem: Portal do Bitcoin)

BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares