Moedas de bitcoin e ethereum entre dedos à frente de um gŕafico indicando alta
Foto: Shutterstock

A performance do Bitcoin (BTC) nos três primeiros meses de 2023 vai tão bem que o ativo se encaminha para fechar o melhor trimestre em dois anos, superando várias outras aplicações, como Ethereum (ETH), ouro e o índice Nasdaq, aponta uma análise do site Coindesk desta quarta-feira (29).

O Ibovespa, o mais importante indicador para cotações das ações negociadas na B3, também perde em performance para o BTC no mesmo período.

Publicidade

No início do ano, o BTC era cotado abaixo de US$ 17 mil, quando muitos especialistas ainda acreditavam em uma queda para até US$ 12 mil. A criptomoeda, no entanto, tomou a direção oposta e nesta quarta-feira é negociada a US$ 28.450, segundo dados do CoinMarketCap.

Com essa recuperação, o bitcoin tenta superar o prejuízo deixado em 2022, ano em que perdeu três quartos do seu preço histórico de novembro de 2021, quando chegou a valer mais de US$ 68 mil. Apesar disso, o bitcoin já valoriza mais de 70% nesse primeiro trimestre de 2023.

Gráfico de 90 dias do BTC (Fonte: Coinmarketcap)

Grande parte da recuperação da criptomoeda foi alimentada pela especulação de que os bancos centrais, liderados pelo Federal Reserve (Fed), o BC dos EUA, abandonarão seus aumentos agressivos de juros em resposta aos sinais de recessão.

Bitcoin sobe mais que concorrentes

A performance do bitcoin em 2023 já supera a do ether, que no mesmo período ganhou aproximadamente 50%; a do ouro, que subiu acima de 7%, e o índice Nasdaq, que ganha até então 11% no ano. Já o Ibovespa, perdeu cerca de 5,05% até o momento, com base em seus 106.376 pontos no início do ano para os atuais 101.003.

Publicidade

Outros índices que não superam a performance do BTC são: S&P 500 (+3.2%) e Dow Jones Industrial Average (-2.1%).

Outro fenômeno registrado neste início de ano é a queda da correlação entre bitcoin e S&P 500, o tradicional indicador que lastreia as ações das maiores companhias dos EUA.

A correlação entre bitcoin e o S&P 500 caiu de 0,91 para 0,59 e chegou a 0,01 em 22 de março, segundo o CoinDesk. Uma correlação de 1 significa que o preço de duas coisas está se movendo em sincronia, enquanto menos 1 significa uma relação.

Portanto, as criptomoedas têm se comportado como um ativo diversificado e não correlacionado, o que muitos investidores desejam.

Além do Bitcoin, outras criptomoedas que se destacam no primeiro trimestre de 2023 são Stacks (STX), Aptos (APT) e Immutable X (IMX), que registram ganhos no período de 443%, 268% e 213%, respectivamente.

Preço do Bitcoin e Ethereum hoje

Nesta tarde de quarta-feira, no geral, as criptomoedas mostram resistência à investida de reguladores nos EUA e embarcam em um rali em linha com os ganhos das bolsas europeias e futuros em Nova York, onde o nervosismo provocado pela crise bancária começa a diminuir. 

Publicidade

O Bitcoin avança 4% nas últimas 24 horas, para US$ 28,4 mil. Em reais, o BTC é cotado a R$ 146,8 mil, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

O Ethereum (ETH) opera com valorização de 1,9%, negociado a US$ 1.803, na esteira da confirmação da próxima atualização da blockchain em 12 de abril.  

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Integrar as dezenas de redes de segunda camada é o próximo grande passo, tanto para programadores quanto usuários finais
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto