Imagem da matéria: Bitcoin cai 10% e fica abaixo dos R$ 300 mil pela primeira vez em duas semanas
(Foto: Shutterstock)

O bitcoin opera em queda de 9,5% nesta manhã de quinta-feira (25), chegando a ser negociado a R$ 290.155 de acordo com dados do Índice de Preço do Bitcoin.

Em dólar, o preço chegou a US$ 50.350. Ontem o BTC foi negociado perto dos US$ 57.000 após Elon Musk anunciar que a Tesla começou a aceitar pagamentos em bitcoin para compras de seus carros elétricos.

Publicidade

Com a queda de hoje, o bitcoin atinge o menor preço tanto em dólar quanto em real desde o dia 9 de março. Ainda assim, o preço segue em forte tendência de alta, com ganhos acumulados de quase 80% desde o início do ano.

Um dos motivos que podem estar influenciando a alta volatilidade do mercado é que cerca de US$ 6 bilhões (R$ 33 bilhões) em opções de Bitcoin (BTC) vão expirar na próxima sexta-feira (26) e isso pode influenciar diretamente na cotação da criptomoeda, como já aconteceu em outros momentos.

O mercado das opções tem o poder de impactar no preço à vista (spot) do Bitcoin e de outras criptomoedas. Inclusive, essa é a opinião de William Clemente, analista do The Block.

“Uma quantidade recorde de opções de Bitcoin vão expirar na próxima sexta-feira. O recorde anterior foi em janeiro (US$ 4 bilhões), e o preço subiu 80% depois disso”, explicou Clemente num tweet publicado na última terça-feira (23).

Publicidade

As opções influenciam no mercado spot porque os compradores podem decidir por não exercer o seu direito de compra previsto no contrato. Isso é comum quando o preço previsto no contrato é mais alto do que o preço spot do ativo.

Caso esses investidores não exerçam a opção de compra, uma quantidade enorme de bitcoins que estava “presa” nesses contratos volta a ficar disponível para negociação. Porém, não há como cravar que o preço vai subir ou descer por conta do fenômeno.

Mercado em forte queda

Além do bitcoin, todas as principais criptomoedas estão sendo negociadas no mercado. Ethereum cai 7,23% cotada a US$ 1610. Binance Coin despenca 12% negociada a US$ 236 e Polkadot perde 16% cotada a US$ 30.

Nenhuma criptomoeda entre as 30 maiores opera em alta.

A capitalização total do mercado cripto é de US$ 1,6 trilhão, com perdas de US$ 200 bi apenas nesta semana.

VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores
Imagem da matéria: Bitcoin está queda, mas até que ponto deve cair? Especialistas respondem

Bitcoin está queda, mas até que ponto deve cair? Especialistas respondem

Ainda não atingimos o fundo, afirmam os analistas que preveem um aumento significativo do BTC até o final do ano
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio
Imagem da matéria: Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Analista da Foxbit avalia gráficos do Bitcoin e aponta que preços devem continuar pressionados ao longo da semana