Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) diminui perdas mas mantém queda de 2%; Solana (SOL) e Cardano (ADA) têm leve alta
Foto: Shutterstock

As criptomoedas diminuíram parte das perdas na manhã desta terça-feira (21) a forte correção que atingiu o mercado ontem, com o Bitcoin (BTC) em queda de 2,7% nas últimas 24 horas.

A criptomoeda líder do mercado quase perdeu o nível de US$ 40 mil na noite de segunda ao bater uma mínima de US$ 40.468, a cotação mais baixa vista desde o início de agosto. 

Publicidade

Aos poucos o bitcoin conseguiu recuperar parte dos ganhos e agora está valendo US$ 43,500, segundo o CoinMarketCap. No Brasil, o Índice de Preço do Bitcoin (IPB) aponta que o BTC é negociado por R$ 233 mil, com queda de menos de 2% — a alta do dólar segurou a cotação em real.

O desempenho negativo do bitcoin reflete o temor que se espalhou entre os investidores globais perante as incertezas de que a Evergrande, a gigante do setor imobiliário chinês, seja capaz de pagar a sua dívida que já ultrapassa R$ 1,5 trilhão.

Altcoins em queda

A maioria das altcoins também são afetadas pela instabilidade do mercado financeiro e acompanham o bitcoin na queda. Ethereum (ETH), a segunda criptomoeda mais importante do setor, desvaloriza 1,7% nesta terça, cotada a US$ 3.080.

Da mesma forma que o BTC, o ether também registrou a sua pior cotação na noite de segunda-feira ao cair para US$ 2.826. Desse modo, o ETH perdeu o importante nível de US$ 3 mil pela primeira vez desde o início de agosto. Na semana, a moeda desvaloriza 8,1%.

Publicidade

Outras criptomoedas que também estão em queda nesta terça são a Binance Coin (-2%), XRP (-1%), Dogecoin (-1,6%) e UniSwap (-4%).

ADA e SOL se recuperam 

A Cardano (ADA) também caiu por um breve momento abaixo do nível de US$ 2, perdendo a posição de 3ª criptomoeda mais valiosa do mercado para o Tether (USDT) à medida que a sua capitalização recuou para US$ 68 bilhões — o número mais baixo visto em mais de um mês.

Ao longo da madrugada, a ADA conseguiu recuperar parte dos ganhos e agora está em alta de 2,1%, sendo negociada nas corretoras por US$ 2,16. 

A Solana (SOL) que vinha sendo a criptomoeda do Top 10 com o pior desempenho na semana também conseguiu sair do vermelho nesta manhã, sendo negociada em alta de 2%, a US$ 144.

Publicidade

A grande vencedora do dia é a Celo (CELO) que acumula um ganho de 26% nas últimas 24 horas, valendo US$ 7,10. A segunda moeda que mais valoriza no dia é a OMG Network (OMG) que dispara 23%. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Como declarar tokens de utilidade no Imposto de Renda 2024?

Entenda como declarar os utility tokens, ativos que dão acesso a serviços específicos
Imagem da matéria: Dogecoin está se aproximando de uma "cruz dourada": o que isso significa?

Dogecoin está se aproximando de uma “cruz dourada”: o que isso significa?

Média móvel simples de 50 semanas (SMA) do preço spot da Dogecoin está atualmente em alta e pode passar barreira das 200 semanas
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bitcoin é uma “forma de arte” e uma moeda de desconfiança, diz filósofo Yuval Noah Harari

O filósofo, no entanto, mostrou desconfiar se realmente o Bitcoin será o futuro do dinheiro como algumas pessoas defendem