Imagem da matéria: Binance lista Acala (ACA), criptomoeda da primeira parachain da Polkadot
Acala Network (Imagem:divulgação)

A Binance, uma das maiores plataformas de negociação de criptomoedas do mundo, anunciou na madrugada desta terça-feira (25) a listagem da Acala (ACA).

O comunicado da empresa afirma que a ACA está disponível para os traders da exchange desde às 9h (de Brasília) de hoje nos pares ACA/BTC, ACA/BUSD e ACA/USDT.

Publicidade

Além da Binance, outra exchange de peso do mercado, a Huobi Global, também listou a criptomoeda na sua plataforma nesta terça-feira.

A listagem nas duas importantes exchanges ajudou a ACA bater uma nova máxima histórica de US$ 2,79, segundo o CoinGecko. O ativo, no entanto, teve dificuldade em manter a cotação neste patamar e 12 horas após o recorde, perde 33% do seu preço, negociado agora por US$ 1,89. Nas últimas 24 horas, a moeda acumula perdas 13%.

O que é Acala Network?

Acala Network é uma plataforma de contratos inteligentes de primeira camada compatível com Ethereum e otimizada para o meio de finanças descentralizadas (DeFi), com liquidez integrada e aplicativos prontos. 

O projeto se define como o centro de liquidez da Polkadot e ganhou popularidade no meio cripto em novembro do ano passado ao vencer o primeiro leilão de slot de Parachain.

Publicidade

A parachain era a funcionalidade mais aguardada a ser lançada na Polkadot e, de forma geral, permite que projetos que utilizam diferentes blockchains de primeira camada rodem de forma paralela dentro do ecossistema da Polkadot. 

Por estarem conectados a uma cadeia principal da Polkadot, as outras redes se beneficiam da segurança e escalabilidade, ao mesmo tempo que têm a liberdade de personalizar sua própria blockchain para casos de uso específicos.

O ecossistema da Acala é grande e engloba uma exchange descentralizada (Dex), stablecoin descentralizada (aUSD), staking de DOT e EVM+ (Ethereum Virtual Machine) otimizado para DeFi. 

Já ACA é o token nativo da plataforma, que pode ser usado para mintar — termo que significa criar novos tokens por meio de contratos inteligentes — stablecoins, pagar taxas de transação, participar da governança do protocolo, e receber recompensas por meio de staking.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
Imagem da matéria: FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

FTX prometeu devolver 118% dos fundos dos clientes; o que acontece agora?

Segundo os balanços, a FTX deve cerca de US$ 11 bilhões, e conseguiu levantar entre US$ 14,5 e US$ 16,3 bilhões até agora
Imagem da matéria: Ethereum tem melhor sequência de alta em 3 anos e pode saltar 60% se ETF for aprovado, dizem analistas

Ethereum tem melhor sequência de alta em 3 anos e pode saltar 60% se ETF for aprovado, dizem analistas

Se a SEC aprovar os pedidos de ETF de Ethereum nesta quinta-feira, enviará um sinal positivo que pode levar o ativo a disparar, assim como ocorreu com o Bitcoin em janeiro
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

A semana promete ser agitada à medida que chega o prazo final para a SEC decidir se aprova ou rejeita o lançamento de ETFs de Ethereum à vista