Logotipo novo da criptomoeda Terra Luna 2.0
(Foto: Shutterstock)

A Binance vai passar a dar suporte à Terra 2.0 (LUNA) em seu serviço de trading chamdo ‘Innovation Zone’ a partir das 6h UTC (3h no Brasil) da terça-feira (31). Os pares anunciados são com as stablecoins Tether (LUNA/USDT) e Binance Dolar (LUNA/BUSD), comunicou a empresa em nota no sábado (28).

“Saques e depósitos para LUNA serão abertos a partir das 05:30 UTC (2h30 no Brasil).”, acrescenta a nota.

Publicidade

O sistema Innovation Zone (Zona de Inovação da Binance) foi criado exclusivamente para traders mais arrojados, como explica a corretora.

“É uma zona de negociação onde os usuários podem negociar novos tokens que podem ter maior volatilidade e representar um risco maior do que outros tokens”.

Para isso, a Binance afirma que é primordial que o trader leia os termos do serviço e preencha um questionário antes de começar a negociar.

E alerta sobre o novo token da Terra, que, pode ser um novo ativo, pode representar um risco acima do normal por conta de uma eventual volatilidade de preço.

“Certifique-se de exercer todo o gerenciamento de risco suficiente, ter feito sua própria pesquisa em relação aos fundamentos do LUNA e entender completamente o projeto antes de tomar sua decisão de negociar o token”, alerta a Binance.

Publicidade

Terra (LUNA) é negociada nesta manhã de segunda-feira (31) em US$ 6,40 e está com uma valorização de 13% nas últimas 24 horas.

Airdrop na Binance

Sobre o airdrop dos novos tokens gerados pelo Terra, LUNC e USTC, a distribuição se dará na seguinte proporção aos usuários qualificados.

Usuários qualificados no Pre-Attack 1 aUST = 0.01827712143 LUNA; e 1 LUNC = 1.034735071 LUNA

Usuários qualificados no Post-Attack 1 USTC = 0.02354800084 LUNA; e 1 LUNC = 0.000015307927 LUNA

Vale lembrar que a distribuição da nova versão da LUNA aconteceu da seguinte forma: 

  • 30% foi para o pool da comunidade, controlado por governança;
  • 35% aos detentores de Luna identificados no snapshot “pre-attack”;
  • 10% para os detentores de Luna identificados no snapshot “post-attack”;
  • 15% a detentores de UST identificados no snapshot “post-attack”;
  • 10% foram para os detentores de aUST (versão do UST em stake no Archor Protocol) identificados no snapshot “post-attack”.

No Twitter, a Binance disse para os usuários não se preocuparem com eventuais sumiços de tokens, pois esses eventos fazem parte do airdrop. “O saldo $LUNC aparecerá nas carteiras dos usuários quando a troca de token for concluída no dia seguinte”, explicou.

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

Memecoin da rede Solana com tema GameStop sobe 1.900% e desperta febre do GME

A memecoin GME decolou na segunda-feira (13), entregando retornos consideráveis, superando os das ações da GameStop
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Moedas de ethereum à frente de ilustração de cadeado

A SEC vai finalmente aprovar os ETFs de Ethereum? Entenda

Vence no fim desta semana o prazo para a SEC aprovar ou não alguns pedidos de ETFs de Ethereum e a expectativa agora é mais positiva do que nunca
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona