Imagem da matéria: Binance Lança Projeto de Blockchain em Uganda

A exchange de criptomoedas Binance revelou estar desenvolvendo um projeto para implantar a tecnologia blockchain em Uganda. O anúncio foi feito pela conta no Twitter do CEO da Binance, Changpeng Zhao no domingo (22). O projeto busca “apoiar a transformação econômica” do país “e o emprego da juventude através do blockchain”.

A investida é fruto de parceria com a Crypto Savannah, organização ugandesa relacionada ao blockchain. Zhao está no país africano discutindo com organizações e entusiastas de criptomoedas locais, como a Blockchain Association of Uganda, segundo informações da Hard Fork.

Publicidade

https://twitter.com/cz_binance/status/988165202150600708?ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=https%3A%2F%2Fthenextweb.com%2Fhardfork%2F2018%2F04%2F23%2Fbinance-employment-uganda-youth-blockchain&tfw_site=thenextweb

O CEO da exchange promete levar estrutura e treinamento para jovens empreendedores que estejam desenvolvendo inovações com blockchain. Ele aconselhou os presentes a buscarem soluções que tornem a vida das pessoas melhor, lembrando que o dinheiro viria como consequência.

Changpeng Zhao disse buscar uma “transformação econômica” com a parceria através da geração de empregos e atração de investimentos ao país. A empresa, sediada em Hong Kong, já tem volume de transações superior a US$ 2 bilhões seis meses após sua fundação. A Binance já é a segunda maior exchange do mundo.

Uganda é um dos países mais pobres do mundo, mas de acordo com o estudo da Poverty Assessment de 2016, do Banco Mundial, o desenvolvimento econômico tem evoluído a passos largos. A população do país vivendo abaixo da linha nacional de pobreza caiu de 31,1% em 2006 para 19,7% em 2013, mas a porcentagem continua alta.

Outro problema que o país enfrenta é a corrupção e a instabilidade institucional. Segundo o portal Transparency International, Uganda pontua 26/100 na escala de percepção de corrupção, sendo 0 muito corrupto e 100 ideal, deixando a nação na 151ª posição no ranking global.

Publicidade

Países em desenvolvimento como a Uganda são vistos como oportunidade para empresas do setor financeiro relacionadas ao blockchain, indica a Finance Magnates. Com a maioria da população sem acesso a bancos e milhões de africanos enviando remessas de dinheiro de países estrangeiros, a tecnologia deve encontrar grande aceitação no continente.

Leia também: Amazon Lança Serviço para Você Criar Seu Próprio Blockchain

 

BitcoinTrade

BitcoinTrade é a plataforma mais segura do Brasil para comprar e vender Bitcoin e Ethereum, junte-se agora a mais de 135 mil clientes satisfeitos. Gerencie também suas moedas digitais utilizando nosso aplicativo para dispositivos com iOS ou Android. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada de um prédio da BlackRock na Califórnia, EUA

O Impacto da BlackRock no mercado de tokenização de ativos do mundo real | Opinião

O autor comenta sobre o novo fundo da maior gestora de ativos do mundo e os próximos passos da economia tokenizada
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino
graficos vermelhos em queda

Investidores sacam R$ 1 bilhão de projeto DeFi da Solana após renúncia de CEO

O fundador da Marginfi anunciou sua renúncia em meio a um turbilhão de controvérsia e desentendimento operacional
Moeda de Tether (USDT) sob superfície lisa

Tether anuncia reorganização para ir além de sua stablecoin e cria quatro divisões

Mudança em sua estrutura visa ampliar o fornecimento de soluções de infraestrutura focadas na inclusão