mão segurando celular com logo da binance e gráficos ao fundo
Shutterstock

A corretora Binance anunciou nesta quinta-feira (23) o lançamento da Binance Institutional, uma nova plataforma de negociação dedicada a atender usuários VIP e clientes institucionais, como grandes investidores e empresas que movimentam altos volumes de criptomoedas.

De acordo com uma nota divulgada no seu blog, essa nova plataforma da Binance representa uma atualização dos serviços já ofertados para o público institucional.

Publicidade

“A Binance Institutional vai oferecer soluções personalizadas para todos os tipos de usuários institucionais, incluindo empresas, gestores de ativos, corretoras, fundos de hedge, family offices, provedores de liquidez, firmas de trading, mineradores, indivíduos de alto patrimônio líquido (HNWIs, na sigla em inglês), e muito mais”, explica a corretora.

Entre as funcionalidades que os clientes poderão acessar nessa nova plataforma estão serviços de execução e OTC; gestão e custódia de ativos; programas de liquidez para corretoras, produtos de rendimento (yield), além de dados e relatórios sobre o mercado.

Expansão em momentos de crise

A Binance anuncia o novo braço da sua plataforma de negociação em meio a um período agitado no mercado, em que diversas empresas de investimentos cripto enfrentam crises de liquidez.

Ainda nesta quinta-feira, o CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, publicou uma carta onde ressaltou a responsabilidade da sua corretora ajudar os players do setor a sobreviver a esse momento, mesmo que não haja benefícios diretos para a empresa ou até mesmo resulte em um prejuízo no que diz respeito ao retorno sobre o investimento (ROI).

Publicidade

Apesar desse comentário, CZ frisou que alguns projetos estão ruindo porque de fato são ruins e, nesses casos, a Binance não deve intervir para salvá-los. 

“Infelizmente, alguns desses projetos ‘ruins’ têm um grande número de usuários, muitas vezes adquiridos por meio de incentivos inflados, marketing ‘criativo’ ou puros esquemas Ponzi”, disse CZ, defendendo a importância de não perpetuar empresas ruins e deixá-las falhar. 

O que o empresário chinês classifica como projetos dignos de serem salvos são aqueles que possuem alguns problemas, mas que são corrigíveis, e os projetos que têm grande potencial.

Ele conta que a sua empresa está sendo procurada por muitos participantes do mercado e está atualmente analisando cada projeto detalhadamente para decidir qual ajudar.

Publicidade

Problemas no Brasil seguem sem solução

Enquanto a Binance expande suas operações no exterior e ajuda projetos a sobreviver nesse momento de crise, os problemas da corretora no Brasil seguem sem solução – apesar de algumas alternativas quebra-galho apresentadas pela empresa.

Amanhã (24) completa uma semana que os brasileiros com conta na Binance não conseguem realizar saques e depósitos em real. O problema começou na última sexta-feira (17) e foi causado, segundo a própria Binance, por mudanças nas políticas impostas pelo Banco Central.

As novas obrigações foram direcionadas ao Acesso Bank, que é o parceiro bancário regulado pelo Bacen do Capitual, que até sexta-feira era o processador de pagamentos da Binance no Brasil.

O que o BC pediu ao Acesso Bank era que exchanges de criptomoedas que usassem seus serviços, estabelecessem “contas individualizadas” a todos os clientes, por questões de segurança e KYC. 

Outras corretoras atendidas pela Capitual, como a Huobi e Kucoin, atenderam esse pedido e continuam com saques e depósitos em real funcionando normalmente, diferente da Binance.

Publicidade

Na sexta-feira, o suporte da corretora chegou a sugerir que o serviço seria reestabelecido em três dias, o que não aconteceu.

A Binance também garantiu naquele mesmo dia que já estava firmando um acordo com outro processador de pagamentos do Brasil, mas até o momento não revelou quem ocupará o espaço deixado pelo Capitual.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do "Rei do Bitcoin"

Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do “Rei do Bitcoin”

Nova operação da Polícia Federal visando fraudes no portos do Paraná revelou uma curiosa ligação entre o irmão do Roberto Requião e um dos maiores piramideiros do Brasil
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Como declarar tokens de utilidade no Imposto de Renda 2024?

Entenda como declarar os utility tokens, ativos que dão acesso a serviços específicos
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo
Imagem da matéria: El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

A mineração de Bitcoin é feita com energia do vulcão Tecapa, usando 300 processadores voltados para essa atividade