Celular com logo da Binance na frente de um fundo amarelo com logo da Binance.jpg
CPI afirma que Binance sonega quase meio bilhão de reais por ano (Foto: Shutterstock)

A Binance aparece como corretora de criptomoedas com mais queixas em 2022 no ranking do Procon-SP, de acordo com uma lista divulgada neste mês pelo órgão de defesa do consumidor. A exchange criada por Changpeng “CZ” Zhao teve 15 reclamações fundamentadas no ano passado, das quais apenas uma foi atendida.

Reclamação fundamentada é o termo usado pelo Procon quando uma queixa registrada por um consumidor é analisada e considera procedente. A lista divulgada pelo Procon mostra os Processos Administrativos (segunda fase) finalizados durante o ano de 2022. Trata-se de uma publicação anual determinada pelo artigo 44 do Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

Publicidade

Um dos índices usados pelo Procon é quantas das reclamações fundamentadas foram atendidas pelas empresas. A Binance resolveu apenas um caso, ou seja, apenas 6,67% das queixas registradas.

Já no site de defesa do consumidor Reclame Aqui, a Binance parece ser mais ativa do que junto ao Procon. A empresa recebeu 1.235 queixas nos últimos seis meses e respondeu 98,8%. O índice de solução da corretora é de 70,6% e a nota que os clientes lhe dão é de 6,17, dentro de uma escala de 0 a 10.

De volta à lista do Procon, duas outras corretoras são citadas. Mercado Bitcoin e Foxbit possuem apenas uma reclamação cada. Outras exchanges do setor CNPJ não possuem CNPJ listado na instituição.

A Binance foi procurada para se posicionar sobre o tema, mas não retornou até a publicação dessa reportagem.

Atendimentos ao consumidor em São Paulo

Em comunicado à imprensa, o Procon-SP informa que durante o ano de 2022 realizou mais de 740 mil atendimentos aos consumidores paulistas por meio do seu canal online e dos postos presenciais. Desse total, 177,8 mil tornaram-se reclamações fundamentadas envolvendo um total de 16.745 fornecedores.

Publicidade

Dentre as empresas com mais reclamações, o aplicativo de compras coletivas Facily lidera o ranking, seguida pela distribuidora de energia elétrica Eletropaulo/Enel.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

A volta do hype da GameStop desencadeou a criação de milhares de memecoins – uma delas saltou 1.900% na tarde passada