Imagem da matéria: Binance alerta usuários para problemas com saques de Solana (SOL)
Foto: Shutterstock

Os problemas que a rede da Solana enfrenta desde o começo do ano seguem sem solução e, dessa vez, a Binance teve que vir a público alertar seus usuários que os saques da criptomoeda SOL podem falhar na sua plataforma.

A corretora explicou na manhã desta terça-feira (11) que a Solana atualmente enfrenta um congestionamento causado por um aumento de transações de alta computação, que está reduzindo a capacidade da rede de processar milhares de transações por segundo e impedindo parte dos usuários de movimentar fundos no ecossistema.

Publicidade

“As retiradas na Binance através da rede Solana (SOL) podem ser pausadas de tempos em tempos para limpar o backlog. Estamos trabalhando ativamente com o projeto para fornecer uma solução estável e de longo prazo”, disse a exchange em nota.

Até o momento, a Binance foi a única corretora que demonstrou estar sofrendo um efeito negativo pelos problemas na Solana. De qualquer forma, já vimos no passado como um backlog lotado pode afetar as operações na exchange. A Binance suspendeu os saques de bitcoin e outras criptomoedas em novembro do ano passado após deixar se formar uma fila muito grande de pedidos de retirada, o que aumentou o backlog e travou os saques.

O que está acontecendo com a Solana

A comunidade notou que a rede da Solana estava apresentando um número elevado de falhas em transações desde o dia 3 de janeiro, mas foi na última quinta-feira (6) que a equipe por trás da criptomoeda confirmou que a blockchain passava por instabilidade.

Na ocasião, a página oficial @SolanaStatus que monitora a saúde do ecossistema, afirmou que a rede da Solama estava enfrentando um “desempenho degradado”, causado por um aumento das transações de “alta computação”, o mesmo problema descrito pela Binance nesta manhã.

Publicidade

Em consulta na plataforma Solanabeach.io que rastreia as transações na blockchain, foi possível notar no dia que embora algumas transações estivessem sendo processadas normalmente, em alguns intervalos de tempo, todas as tentativas de transação falhavam.

Nesta terça-feira, a página oficial do status da criptomoeda continua mostrando que o problema segue fragilizando a rede e sem solução, cinco dias depois de ser identificado.

Em setembro do ano passado, a Solana sofreu um ataque DDoS “acidental” que deixou a rede completamente fora do ar por 17 horas. Naquela época a rede foi inundada por transações de milhares de bots e foi necessário executar um hard fork de emergência para resolver o problema.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Analista da Foxbit avalia gráficos do Bitcoin e aponta que preços devem continuar pressionados ao longo da semana
Imagem da matéria: As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

As maneiras mais loucas que os jogadores estão usando para ganhar mais no Hamster Kombat

De pistolas de massagem a máquinas de costura, os jogadores estão pensando em maneiras malucas e criativas de otimizar seus toques no Hamster Kombat
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Bitcoin pode um dia substituir o dólar americano, diz criador do Twitter

Em um sofisticado retiro na Toscana, Jack Dorsey compartilhou sua visão sobre a ascensão do Bitcoin à supremacia global
Ilustração mostra sinal triangular de alerta vermelho e anzol simulando golpe de phishing

Compound, um dos maiores serviços DeFi, tem site invadido por hackers

O site da Compound Finance foi substituído por uma página de phishing que tenta roubar criptomoedas dos clientes