Imagem da matéria: BC do Zimbábue diz que Bitcoin não é Legal; Criptomoeda é Negociada a US$ 15 Mil

O Banco Central do Zimbábue diz que o comércio e o uso de bitcoin para transações no país não foram legalizados, apesar de um aumento nos preços e valor da criptomoeda.

Na plataforma Golix, a única a operar no país, chegou a um volume de negociações superior a US $ 1 milhão no mês de outubro. Na terça-feira, os preços do bitcoin na exchange atingiram um pico de US $ 14.490, enquanto no resto do mundo a média está em torno dos US$ 8.000.

Publicidade

O blog de notícias regionais TechZim informou nesta terça-feira que o banco central do Zimbábue declarou que o bitcoin ainda não é legal no país. O banco central justificou esta posição, dizendo que ainda estava realizando estudos sobre a moeda digital.

“Tratando-se de bitcoin, no que nos diz respeito, não é legal. No sul da África, o que fizemos como reguladores, foi dizer que não permitiremos isso em nossos mercados. Atualmente, a pesquisa está sendo realizada para verificar os desafios e riscos associados a esses produtos em particular “, disse Norman Mataruka, diretor de instituições bancárias na RBZ no Zimbábue.

Ele disse que até o banco central do Zimbábue “realmente estabeleceu e criou um quadro legal e regulamentar para que o bitcoin “não seja permitido” no país. Os funcionários da Golix já começaram a apertar a supervisão das transações em grande volume. Funcionários disseram que as transações de maior valor exigiriam verificação de identificações para os usuários.

O Zimbábue também teve um enorme aumento no preço do bitcoin depois que os chefes militares do país intervieram e restringiram o presidente Robert Mugabe à sua residência privada em Harare na semana passada.

Os especialistas dizem que o Bitcoin agora está sendo usado para enviar dinheiro para fora do Zimbabwe, bem como para comprar bens, como softwares.

Publicidade

O Zimbábue também continuou a sofrer desafios de liquidez e a escassez de moeda estrangeira que emanava de uma baixa produção no país. Políticas abusivas adotadas por Mugabe também foram culpadas por atrapalhar entradas de investimento estrangeiro no país.

Leia Também: Venezuelanos Vendem Dinheiro Dentro de Jogo e Transformam em Bitcoin

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Costas de um policial de Hong Kong

Empresário e filho se entregam à polícia após sequestrarem investidora de criptomoedas

A dupla teria tentado acertar as contas com a mulher de 55 anos que teria intermediado um investimento de cerca de R$ 10 milhões em criptomoedas
Imagem da matéria: Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação

Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação

A plataforma peer-to-peer focada na moeda de privacidade Monero (XMR) citou “uma combinação de fatores internos e externos” para sua decisão de fechar as portas
Ministro Zhaslan Madiyev ex-gerente Binance Cazaquistão

Gerente da Binance é nomeado ministro de Desenvolvimento Digital no Cazaquistão

Depois de passagens por bancos e órgãos do governo cazaquistanês, Zhaslan Madiyev ocupa agora o maior cargo do Ministério de Desenvolvimento Digital, Inovações e Indústria Aeroespacial
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink