Imagem da matéria: Banco do Reino Unido oferece Bitcoin para todos seus 7 milhões de clientes
Foto: Shutterstock

O banco do Reino Unido Revolut expandiu sua oferta de criptomoedas para todos os seus usuários como uma alternativa às moedas fiduciárias apoiadas pelo governo. Enquanto governos em todo o mundo empurram pacotes de estímulo, incluindo a impressão de dinheiro novo – conhecido como quantitative easing – o Revolut argumentou que o Bitcoin oferece uma alternativa, porque possui um suprimento fixo.

“Durante uma apresentação recente, nosso chefe de cripto, Edward Cooper, nos lembrou que as criptomoedas surgiram como uma alternativa ao dinheiro real durante os tempos de quantitative easing e desvalorização da moeda após a crise financeira de 2008. Dada a recente crise econômica, estamos começando a ver o quantitative easing e desvalorização da moeda acontecendo novamente agora”, afirmou a Revolut em um email para seus clientes.

Publicidade

“Planejamos tornar isso oficial ainda este ano, mas, à luz dos eventos recentes, decidimos dar a todos os clientes Revolut a oportunidade de explorar diferentes maneiras de diversificar, inclusive através de criptomoedas, agora”, acrescentou.

Todos os usuários padrão do Revolut agora poderão usar o serviço para comprar e vender Bitcoin e outras criptomoedas, que eles podem manter no aplicativo. Também disponibilizará seu recurso Gold para usuários padrão em abril. O aplicativo tem sete milhões de usuários, de acordo com o PYMNTS.

Na semana passada, os EUA divulgaram um pacote de estímulo de US$ 2 trilhões para conter os problemas econômicos. O Federal Reserve está imprimindo dinheiro a uma taxa de US$ 1 milhão por segundo – esse é o valor de mercado inteiro do Bitcoin a cada 35 horas.

E não parece que terminará tão cedo. No mês passado, o presidente do Federal Reserve Bank de Minneapolis, Neel Kashkari, disse que o Fed tem uma “quantidade infinita de dinheiro”.

Publicidade

“Acho que depois que a poeira baixar as liquidações, as margin calls e o pânico total, o Bitcoin começará a mostrar sua força contra a impressão ilimitada”, disse Alan Silbert, diretor da INX, ao Decrypt.

Mas há um problema

Ainda assim, enquanto a expansão da Revolut é oportuna e projetada para atrair aqueles da comunidade cripto, nem todo mundo está tão ansioso para se comprometer com o negócio.

De acordo com vários usuários do Reddit, o recurso do Revolut envolve várias armadilhas.

“Infelizmente você não pode mover sua criptomoeda para fora do ecossistema do banco Revolut e usar em sua própria carteira. Boas notícias, mas derrotam o propósito de ser seu próprio banco”, escreveu um Redditor.

Outro acrescentou que um ágio pelo preço superava os benefícios. “Custa 200 libras a mais do que o preço à vista”, disseram eles.

Mas se há uma coisa que o Revolut não pode fazer, é imprimir o novo Bitcoin à vontade.

*Traduzido e republicado com autorização da Decrypt Media

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev