Imagem da matéria: Baleia de NFTs perde 2.600 ETH em golpe durante jogatina online e abandona Twitter

“Franklin”, uma baleia – são denominados os investidores com grandes quantidades de ativos – de tokens não fungíveis (NFTs) que ficou famosa no universo das criptomoedas no Twitter depois de um tropeço em uma negociação que lhe custou 100 ethereum (ETH) em julho do ano passado, acaba de deixar a rede social.

Franklin teria decidido encerrar a conta após perder pelo menos 2.600 ETH – cerca de US$ 5,2 milhões ou R$ 26 milhões – em um golpe do tipo rug pull durante uma jogatina online e precisado vender diversos NFT da famosa coleção Bored Ape Yacht Club (BAYC) para abrandar o prejuízo.

Publicidade

“Ele perdeu mais de 2.600 ETH e vendeu muitos [NFTS] BAYC”, comentou o assunto o jornalista Colin Wu, também conhecido como Wu Blockchain no Twitter.

Franklin teria excluído sua conta no twitter antes do último dia 15 de abril, já que uma publicação na data menciona seu sumiço. Segundo o site NFT Evening, o investidor teria caído em um golpe de rug pull (puxão de tapete) durante a disputa de um jogo de azar em um cassino online, no qual perdeu os ETHs. Para reverter o prejuízo, ele então teria vendido 27 BAYCs, “avaliados em $ 2,8 milhões”, segundo o site.

Conforme reportado pelo Portal do Bitcoin no ano passado, a baleia anônima possuía na época 57 NFTs valiosos da coleção Bored Ape Yacht Club (ou BAYC), artes digitais que encheram os olhos de celebridades como Paris Hilton e atletas como Neymar Jr, por exemplo.

Na época, Franklin perdeu cerca de US$ 150 mil ao tentar fazer uma brincadeira durante uma compra de domínio do Ethereum (ENS), cuja proposta era de 100 ETH. Nomes de domínio do Ethereum Name Service (ou ENS, na sigla em inglês) — endereços que designam carteira de criptomoedas — se popularizaram no ano  passado.

Publicidade

Ele então registrou o ENS “stop-doing-fake-bids-its-honestly-lame-my-guy.eth” — algo como “parem-de-fazer-lances-falsos-é-muito-ridículo-meu-parça.eth” — usando uma carteira Ethereum alternativa, e fez um lance de 100 wrapped ether (WETH) ao usar sua carteira principal. WETH é um token ERC20 atrelado ao preço do ETH.

Franklin vendeu esse domínio ENS para alguém por apenas 1,9 ETH (cerca de US$ 2,85 mil, na ocasião) e tuitou em comemoração pelo “lucro”.

Porém, ele esqueceu de cancelar a oferta de 100 ETH que ele havia implementado de sua outra carteira. 15 minutos após a venda, o novo dono do meme ENS havia aceitado a oferta e recebido os 100 ETH. Franklin conseguiu seu nome de domínio de ENS de volta, mas ficou sem dinheiro.

“Eu apenas não pensei sobre o meu lance pendente”, disse ele na época, afirmando que enviou 1,9 WETH de volta à pessoa que o comprou/jogou o ENS de volta para ele. ”É um erro que eu não consigo imaginar ninguém conseguir cometer”, concluiu.

Atualmente, Franklin tem cerca de 300 posições abertas no marketplace de NFTs da Opensea.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imegem aérea feita pela ANDE de fazenda de mineração de bitcoin em Canindeyú

Polícia do Paraguai desmonta fazenda de mineração de Bitcoin com 2.700 ASICs

Ação na cidade de Canindeyú contou mais uma vez com a ajuda da inteligência artificial para identificar variações na carga da rede elétrica
elon musk

Elon Musk, superfã da Dogecoin, diz que nunca discutiu sobre cripto com Donald Trump

Em meio à mudança do ex-presidente dos EUA para abraçar as criptomoedas, o CEO da Tesla nega uma notícia que diz que eles conversaram sobre políticas de criptoativos
moedas de Bitcoin, Solana e Ethereum emparelhadas - ao fundo gráfico de mercado

O papel das criptomoedas como armazenamento de valor | Opinião

Em um cenário global de inflação, as criptomoedas podem servir como um porto seguro para proteger o poder de compra do seu patrimônio
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

O que faria os americanos comprarem mais Bitcoin? Regulamentações mais claras, afirma pesquisa

Pesquisa da Grayscale mostra que 44% dos eleitores dos EUA que não possuem criptos dizem que estão “esperando regulamentações adicionais”