Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior
Shutterstock

Uma baleia do Bitcoin movimentou no domingo (12) 1.000 BTC pela primeira vez em uma década. O fundo, avaliado atualmente em R$ 321 milhões, foi dividido em duas partes e enviado para duas carteiras desconhecidas, portanto não é possível identificar o destino da fortuna.

Dados compartilhados pela empresa de análise blockchain Lookonchain mostram que um dos endereços de carteira de Bitcoin transferiu 500 BTC (R$ 161 milhões) por volta das 7h do domingo (12) enquanto outro fez o mesmo 20 minutos depois.

Publicidade

Após as transferências, o fundo enviado do primeiro endereço foi dividido e enviado para endereços adicionais, enquanto os fundos enviados do segundo endereço ainda não foram transferidos.

Conforme observado pela Lookonchain, cada endereço recebeu 500 BTC em 12 de setembro de 2013, quando o Bitcoin era negociado na faixa de US$ 120.

Mas os fundos pertencem à mesma pessoa? Segundo o The Block, dados os mesmos valores de transferência e a proximidade das transações, há uma probabilidade razoável de que os 1.000 BTC pertençam à mesma entidade.

Baleia’ é o apelido dado a investidores com grandes quantidades de criptomoedas. Esses movimentos têm sido comuns no mercado e muitas vezes mexem com o preço do Bitcoin, principalmente quando a carteira de destino é identificada como sendo de uma exchange, pois pode ser um ensaio para venda.

Publicidade

No início deste mês, uma baleia de Bitcoin transferiu 687,33 BTC, que equivalem no momento a R$ 222 milhões. A carteira dona da fortuna também estava sem fazer nenhuma movimentação há 10 anos e três meses.

De acordo com comentários recentes da empresa de análise CryptoQuant, o crescimento da demanda desse grupo de investidores é o maior de todos os tempos, o que vem promovendo aumentos de preços.

Segundo a empresa, em meados de abril deste ano, a demanda dos “detentores permanentes” superou a criação de novos bitcoins pela primeira vez.

VOCÊ PODE GOSTAR
Cofre dourado no formato de baleia receb moedas shiba inu SHIB

Baleias voltam a encher os bolsos de Bitcoin, mostra análise

A acumulação acelerada de baleias é um sinal de que o mercado altista do Bitcoin ainda está ativo
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram