Imagem da matéria: Baleia anônima de bitcoin mais rica do mundo compra 700 BTC em dois dias
Foto: Shutterstock

A baleia anônima mais rica do mundo continua acumulando Bitcoin (BTC) e, em apenas dois dias, adicionou mais 701 BTC à carteira que hoje vale mais de US$ 6,2 bilhões.

Os dados públicos da blockchain rastreados pelo BitInfoCharts, mostram que na segunda-feira (25) a baleia comprou 596 BTC e no dia seguinte, mais 105 BTC entraram para a reserva.

Publicidade

No total, foram US$ 43,8 milhões em bitcoin adquiridos nos dois dias, de acordo com a cotação da moeda no momento da compra. É importante ressaltar que não se trata da maior carteira do mercado — existem duas maiores. A diferença é que são reconhecidas como de corretoras.

O movimento contraria a tendência de vender na alta e comprar na baixa. Embora o bitcoin tenha corrigido nesta quarta (27) e caído abaixo dos US$ 60 mil, nos dias que a baleia realizou as compras o ativo estava em alta e sua cotação variava entre 62 – 63 mil dólares.

Mesmo que a identidade de quem está por trás desse endereço seja um mistério, a baleia é famosa pelas frequentes compras. Durante uma queda do bitcoin no final de setembro, mais 321 BTCs entraram no endereço em um dia.

A partir da nova aquisição desta semana, o balanço da carteira vai para 106,459 BTC, o equivalente a US$ 6,2 bilhões (R$ 34 bilhões). Do total, cerca de US$ 4,4 bilhões estão em lucro não realizado.

Publicidade

Um balanço desse tamanho faz com que a baleia misteriosa seja dona da carteira de bitcoin desconhecida mais rica do mundo, de acordo com o Bitcoin Rich List.

Embora entre as maiores reservas de BTC a baleia esteja na terceira posição, os endereços que estão na liderança não são anônimos e pertencem às exchanges BinanceBitfinex.  

A identidade da baleia misteriosa do bitcoin

Os padrões de compra e venda sugerem que ao invés de pertencer a um único investidor, o endereço 1P5ZEDWTKTFGxQjZphgWPQUpe554WKDfHQ deve ser de alguma organização empresarial, como alguma corretora ou gestora de investimentos.

A carteira foi aberta em fevereiro de 2019 e tem sido movimentada quase que diariamente desde então. Ainda que a entrada de bitcoin seja mais frequente, a baleia também retira tokens do endereço. Não é possível confirmar se essas moedas que saem da carteira voltam para o mercado através de vendas, ou se são realocadas em outro lugar.

Publicidade

No entanto, é provável que a baleia tenha aproveitado as altas de outubro para realizar parte dos lucros. Nas duas primeiras semanas do mês, 7 mil BTC saíram do endereço em quatro retiradas (uma de 3.000 BTC e outras três de 1.500 BTC).

Uma hipótese que circula na comunidade cripto é que o endereço pertença ao aplicativo de investimentos Robinhood, mas a plataforma nunca confirmou quais carteiras de criptomoedas estão sob sua posse.

VOCÊ PODE GOSTAR
Maquinas mineração de Bitcoin apreendidas em La Colmena, Distrito de Paraguarí

Paraguai apreende centenas de máquinas de mineração de Bitcoin em nova ofensiva ao setor

Autoridades já confiscaram mais de 9.000 mil equipamentos nas últimas semanas
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Manhã Cripto: Bitcoin entra em compasso de espera, mas Notcoin dispara 5%

Notcoin, um jogo Play-to-Earn no Telegram, anunciou que sua base total de jogadores agora é de 40 milhões
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Bernstein eleva projeção e vê Bitcoin em US$ 200 mil até 2025

Para o longo prazo, os analistas preveem que cada Bitcoin pode valer US$ 500 mil até o final de 2029 e US$ 1 milhão até 2033
Imagem da matéria: Saídas líquidas de ETFs de Bitcoin atingem US$ 200 milhões antes da reunião do FOMC

Saídas líquidas de ETFs de Bitcoin atingem US$ 200 milhões antes da reunião do FOMC

Os participantes do mercado esperam que o Federal Reserve mantenha a taxa de juros inalterada, mas os investidores ainda parecem cautelosos