Imagem da matéria: Atualização do Ethereum é concluída com sucesso
Foto: Shutterstock

Uma das atualizações mais aguardadas do Ethereum em 2021 foi concluída com sucesso na manhã desta quinta-feira (5) no bloco 12,965,000, minerado às 9h34 no horário de Brasília.

Apelidado de “London”, o hard fork ativou na rede principal cinco Propostas de Melhorias do Ethereum (EPI, na sigla em inglês), sendo o EIP-1559 a atualização mais importante por transformar como funciona o sistema de taxas da moeda.

Publicidade

Ao contrário da atualização “Berlin” de maio em que cerca de 12% da rede do ETH ficou offline por algumas horas devido a um erro de consenso, o hard fork desta quinta parece ter sido concluído sem problemas.

Um hard fork é uma atualização complexa que, caso não seja implementada corretamente pelos nodes que rodam o ETH, pode dividir a rede em duas e resultar na criação de uma nova criptomoeda — como ocorreu com o Ethereum Classic.

Para proteger os investidores de qualquer risco que poderia surgir em caso de erro na atualização, a maioria das exchanges brasileiras suspenderam temporariamente os saques e depósitos de Ethereum e tokens baseados no padrão ERC-20.

A expectativa é que os serviços voltem a funcionar normalmente ao longo da manhã desta quinta à medida que a rede do Ethereum volta a se estabilizar.

Publicidade

Como será a rede do Ethereum agora?

A partir de hoje, os usuários que transacionam na rede Ethereum pagarão apenas uma taxa básica, determinada automaticamente pela rede. Desse modo, os tokens usados para custear as transações, passam a ser queimados ao invés de ir para os mineradores, o que reduz o fornecimento de ether e evita qualquer congestionamento deliberado na rede.

A diferença entre o versão antiga é que os mineradores não definem mais as taxas; a rede usa um algoritmo, criando mais consistência em todo o ecossistema Ethereum. 

A medida também é importante porque vai conter a inflação da moeda ao tirar ETH de circulação e ajudar a diminuir a sua oferta no mercado — o que na teoria pode ajudar na valorização.

O hard fork contará com mais quatro melhorias que vem para tornar o ecossistema mais estável e eficiente, como a EIP-3529 que acaba com o sistema de reembolsos de gas.

Publicidade

Com a atualização concluída na rede, o ETH sobe 1,7% e está valendo US$ 2.620. Nas corretoras brasileiras, a moeda é negociada a R$  13.400, de acordo com o Índice de Preço do Ethereum (IPE).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Embora a Coinbase tenha informado nesta manhã que o problema estava resolvido, sua página de status ainda indica que o app móvel e site estão com “desempenho prejudicado”
Imagem da matéria: Tether e Circle "imprimem" US$ 1,25 bilhão em stablecoins em um único dia

Tether e Circle “imprimem” US$ 1,25 bilhão em stablecoins em um único dia

Desde o início do ano já foram emitidos US$ 30 bilhões em stablecoins; aquecimento parece estar relacionado à expectativa pelos ETFs de Ethereum
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin