Imagem da matéria: Aposta de Elon Musk no bitcoin pode custar US$ 100 milhões à Tesla
Empresário Elon Musk Foto: Shutterstock

A Tesla fez um investimento colossal de US$ 1,5 bilhão em Bitcoin em fevereiro deste ano. Esse investimento pode atrapalhar a emprsa como resultado da recente queda de preços da criptomoeda, segundo a CNBC.

De acordo com Kate Rooney da CNBC, a Tesla pode ter que listar suas participações em Bitcoin com prejuízo.

Publicidade

Em fevereiro, a Tesla anunciou seu investimento de US$ 1,5 bilhão. De acordo com as regras estabelecidas pela Comiossão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), as participações de qualquer ativo intangível – como Bitcoin – devem ser listadas como um encargo de desvalorização se o referido ativo cair abaixo do valor pelo qual foi comprado.

Quando a notícia do investimento da Tesla foi divulgada, o Bitcoin foi avaliado em aproximadamente US$ 38.000. Desde então, caiu para US$ 31.000, o que significa que a Tesla enfrenta um prejuízo em seu balanço patrimonial.

“Os analistas com quem tenho conversado estão especulando entre US$ 25 milhões e US$ 100 milhões de prejuízo para a Tesla no próximo trimestre”, disse Rooney, observando que não é uma ciência exata: “Este é realmente um número a descobrir . ”

Rooney acrescentou que “a grande coisa que as comunidades de cripto e analistas estão observando: a Tesla vendeu algum Bitcoin no trimestre para compensar algumas dessas perdas?” A Tesla vendeu 10% de seu Bitcoin no primeiro trimestre do ano, com o CEO Elon Musk explicando que o fez “para provar a liquidez do Bitcoin como uma alternativa para manter dinheiro no balanço patrimonial”.

Segundo trimestre do Bitcoin

O segundo trimestre de 2021 foi turbulento para empresas com exposição ao Bitcoin; viu o preço da criptomoeda subir para uma máxima histórica de mais de US$ 63.000 e cair para mínimas de menos de US$ 30.000.

Publicidade

No geral, foi um dos piores trimestres da história do Bitcoin, com retornos em -40%.

Isso é uma má notícia para o número crescente de empresas que possuem Bitcoin em suas tesourarias corporativas; além da Tesla, outras empresas que possuem Bitcoin incluem a MicroStrategy e a Square.

Talvez você queira ler
Pelé segura taça Fifa me evento

BitGo nega parceria com novo negócio de criptomoedas de filhos e ex-mulher de Pelé

JanBank, que tem familiares de Pelé e um pastor como sócios, será focada em pagamentos com Bitcoin, Ethereum, entre outros criptoativos
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Aprovação de ETF de Bitcoin nos EUA é uma “questão de quando, não se”, diz Grayscale

Embora reconheça que os prazos sejam incertos, a Grayscale garante que a aprovação de um ETF de Bitcoin à vista nos EUA é inevitável
Bonequinho em cima de uma pilha de moedas douradas de bitcoin fazendo alusão ao processo de mineração

Censura no Bitcoin? Grande pool de mineração revolta comunidade ao “filtrar” transações suspeitas

Um desenvolvedor do Bitcoin detectou seis transações perdidas de endereços sancionados pelo governo dos EUA
Imagem da matéria: Semana Cripto: Bitcoin segue em alta e flerta com US$ 40 mil; mania das memecoins retorna com Elon Musk e Charlie Munger

Semana Cripto: Bitcoin segue em alta e flerta com US$ 40 mil; mania das memecoins retorna com Elon Musk e Charlie Munger

Na última semana os investidores voltaram suas atenções para o Bitcoin e uma série de obscuras memecoins