Imagem da matéria: Após deixar Atlas Quantum, Safiri Felix assume diretoria de associação de criptomoedas
(Foto: Facebook)

O especialista em criptomoedas e colaborador do portal Infomoney, Safiri Felix, assumiu a diretoria-executiva da Associação Brasileira de Criptomoedas (ABCripto) pouco mais de um mês após deixar a Atlas Quantum.

Safiri disse ao Portal do Bitcoin que iriar começar no cargo nesta semana. Entre os seus objetivos estão o de ampliar a participação dos associados na discussão sobre os temas que influenciam o desenvolvimento do setor, especialmente na interlocução com os reguladores.

Publicidade

Sobre os rumores de que possa haver uma fusão com a outra a ABCB, associação que foi criada e é mantida pela Atlas, ele disse, via WhatsApp, que a discussão já vinha ocorrendo na gestão anterior, sem uma decisão definitiva.

“Independentemente do formato, o essencial é que os participantes do mercado ganhem representatividade e possam se estruturar para dialogar com a sociedade de forma adequada”, afirmou.

O especialista, que também já trabalhou na Consensys, disse que a ABCripto está preparando uma nota em relação à proteção aos consumidores.

“Vamos soltar uma nota sobre os últimos episódios que ocorreram. Além disso, pretendemos instituir um programa de disseminação de boas práticas operacionais e compliance, aumentando a segurança dos usuários”.

Publicidade

Questionado sobre a situação da Atlas, que vem atrasando os pagamentos desde que foi notificada pela CVM, ele disse que não poderia comentar o assunto, dado que as informações divulgadas até o momento pareciam desencontradas.

“Espero que a situação seja regularizada o quanto antes”, disse.

Sobre sua rápida passagem passagem pela Atlas, de menos de 4 meses, Safiri disse que sua saída não teve relação com a notificação da CVM.

“Meu desligamento ocorreu em razão de divergências com o fundador e CEO, Rodrigo Marques”, afirmou.

Disse também explicou qual era sua função na empresa: “Fui contratado para montar uma nova área, que tinha como objetivo funcionar como um laboratório de pesquisa e desenvolvimento de novas aplicações em Blockchain e DeFi”.

Segundo Safiri, o time conta com mais de 25 pessoas, dentre os profissionais principais desenvolvedores brasileiros em blockchain. Por fim, reafirmou que esses profissionais não tinham relação com o Atlas Quantum:

“Fundamental informar que nenhum desses profissionais tem qualquer relação com a operação do robô de arbitragem”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Homem aponta controle para TV que emerge imagens em 3D

‘TV 3.0’ que chegará ao Brasil em 2025 vai precisar de internet ou conversor? Entenda

Novo sistema de transmissão para TVs promete enviar som e imagem com qualidades maiores, além de maior interatividade com o espectador
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de forex e criptomoedas de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Kaarat
Celular com logotipo da Receita Federal sobre notas de reais

Receita alerta sobre golpe do “erro na declaração” do Imposto de Renda; veja como se proteger

Os criminosos informam supostos erros em declarações para induzir a vítima a baixar um arquivo malicioso
Rafael Rodrigo , dono da, One Club, dando palestra

Clientes acusam empresa que operava opções binárias na Quotex de dar calote milionário; dono nega

Processos judiciais tentam bloquear R$ 700 mil ligados à One Club, empresa de Rafael Rodrigo