Imagem da matéria: Altcoin salta 10% após manobra financeira na Coreia do Sul
Shutterstock

O token Aptos (APT) superou os ganhos médios do mercado de criptomoedas nesta terça-feira (4), com um salto de 10% em meio a um aumento nos volumes de negociação na Coreia do Sul; o token é negociado a US$ 8,15, segundo o CoinGecko.

O movimento positivo dos preços do Bitcoin (BTC) acima dos US$ 31 mil ontem provavelmente contribuiu para esse sentimento positivo. Traders que optaram por comprar Ethereum (ETH) também estão tentando superar a resistência localizada entre US$ 1.950,00 e US$ 2 mil.

Publicidade

Uma anomalia nos volumes de negociação pode explicar o último aumento dos preços de APT.

A exchange de criptoativos coreana Upbit, a maior do país asiático, capturou a maior parte do volume de negociação — quase um terço do total — nas últimas 24 horas, negociando APT com um prêmio.

O preço da Upbit era mais elevado do que o resto do mercado em até 5%.

Outros ativos como BTC e XRP, também negociaram a 1-2% a mais contra pares KRW na Upbit em comparação com o resto do mercado. No entanto, os seus volumes de negociação são mais baixos em relação a outras exchanges, limitando o seu impacto nos preços globais.

Traders sul-coreanos estavam visando tokens em posição de venda como o Bitcoin Cash e mesmo o Aptos na primeira quinzena de junho, em uma tentativa de alcançar os níveis de liquidação de vendas de Investidores nessas posições, encenando um “short squeeze”.

Um short squeeze é um fenômeno que ocorre quando o preço de um ativo aumenta, uma vez que a maioria dos operadores que apostaram contra o seu preço são forçados a comprar com prejuízo ou a experimentar uma liquidação forçada.

Publicidade

Andrew Kang, cofundador do fundo de venture Mechanism Capital, explicou a estratégia sul-coreana em um tweet no rali do BCH da semana passada.

“Os coreanos não precisavam de um motivo para dar um lance, tudo o que importava era que os preços continuassem subindo e os investidores “bears” iniciais fossem massacrados”, disse ele, referindo-se a um short squeeze.

Outro caso de traders da Upbit quem visam os tokens mais vendidos pode ser visto com Qtum (QTUM) e Celo (CELO), duas criptomoedas com foco em posições de venda no mercado, segundo dados da Coinglass.

E de acordo com dados da CoinGecko, esses tokens também estão entre os dez maiores volumes de negociação na Upbit, com o CELO na segunda posição e o QTUM na nona posição.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO

Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO

As novidades ampliam as opções de investimento na plataforma que já somam mais de 220 ativos
Bitcoin e grafico de mercado

Traders de Bitcoin miram US$ 74 mil já na próxima semana com nova onda de fluxo positivo para ETFs

Com ETFs registrando quatro dias seguidos de entradas e dados de inflação nos EUA abaixo do esperado, o Bitcoin já começou a retomar a alta e superou os US$ 66 mil
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões