Imagem da matéria: Wikileaks Aceitará Novas Criptomoedas para Doações

O Wikileaks está pronto para começar a aceitar criptomoedas adicionais como uma forma de servir os usuários que querem contribuir com seus esforços de mídia e denúncia.

Anunciado pelo fundador da Wikileaks, Julian Assange, em um tweet no início desta semana, o comentário acontece após as notícias da Fundação de Liberdade de Imprensa (FPF), uma organização que ajudou a processar doações financeiras para o Wikileaks via Visa, MasterCard e PayPal, interromperem abruptamente seus serviços.

Publicidade

Conforme relatado anteriormente, o Wikileaks começou a aceitar doações em zcash em agosto, um movimento que seguiu após a aceitação do bitcoin e do litecoin.

Em geral, Assange vê o encerramento da FPF como “irônico”, uma vez que a organização foi fundada para parar a censura econômica contra o Wikileaks.

Ele afirmou:

“Como a nossa resposta ao primeiro bloqueio bancário, (Wikileaks) aceitará novas criptomoedas. Aqueles que desejam contribuir com o Wikileaks já podem usar o bitcoin, o litecon e o ultra-privado monero e zcash”.

Até o momento não foi informado quais serão as novas criptomoedas a serem aceitas pelo wikileaks.

Ele acrescentou que os usuários também podem comprar mercadorias do Wikileaks em sua loja on-line usando uma variedade de métodos de pagamento, incluindo criptomoedas.

 

Leia Também: Bitcoin Não é uma Ameaça à Estabilidade Financeira, Diz Chefe do Banco da Inglaterra

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX

Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX

O recuo substancial do preço do Bitcoin desde março prejudicou a renda do setor de mineração em geral
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA no fundo

Fed diz que inflação está caindo, mas não rápido o suficiente: por que isso importa para o Bitcoin?

A queda da inflação beneficia os ativos de risco, incluindo as criptomoedas, pois daria ao Fed confiança para começar a reduzir as taxas de juros este ano
Dólares equilibrados formam uma pirâmide

Mercado ligado a elite do Camboja movimentou R$ 59 bilhões para golpistas cripto

Um grupo ligado à família Hun, no poder do Camboja, foi acusado de estar envolvido em um golpe multibilionário de cripto
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores