Imagem da matéria: Warren Buffett diz que não pagaria US$ 25 por todo o bitcoin do mundo
Warren Buffett (Foto: Shutterstock)

Warren Buffett, um dos investidores mais famosos do mercado financeiro, voltou a expressar sua aversão ao bitcoin durante a reunião anual de acionistas do Berkshire Hathaway no sábado (30).

“Se você me dissesse que possui todos os bitcoins do mundo e me oferecesse por US$ 25, eu não aceitaria. O que eu faria com isso?” disse Buffett no evento, segundo o Business Insider.

Publicidade

Todo o bitcoin do mundo é atualmente 19,027,587 BTC, equivalente a US$ 723 bilhões na atual cotação de US$ 38 mil da criptomoeda.

Na visão do investidor de 91 anos, o bitcoin não tem um valor intrínseco porque não produz nada. Para ele, os detentores dependem que exista alguém no mundo disposto a pagar mais pelo bitcoin do que ele pagou na hora da aquisição.

“Tem uma mágica nisso, mas as pessoas anexam magia a muitas coisas”, concluiu Buffett.  

No passado, o empresário já chamou o bitcoin de fraude, bolha e de uma “ilusão” que só serve para atrair “charlatões”. Seu comentário mais famoso, no entanto, foi feito quatro anos atrás, quando chamou o bitcoin de “veneno de rato ao quadrado”.

Sócio de Buffett também critica BTC

O vice-presidente do Berkshire Hathaway e braço direito de Buffett, Charlie Munger, também esteve presente no evento da empresa e fez críticas ainda mais pesadas à criptomoeda.

Publicidade

“Na minha vida, tento evitar coisas que são estúpidas, más e me fazem parecer mal em comparação com outra pessoa: bitcoin faz todos os três”, declarou Munger. 

Segundo o Business Insider, o empresário que é ainda mais velho que Warren Buffett, com 98 anos de idade, disse que a criptomoeda é estúpida e espera que ela caia para zero no futuro.

Munger continuou sua explicação falando que bitcoin é “mau” porque coloca em risco a integridade do sistema financeiro dos EUA e faz o país “parecer tolo” por não não ter tomado a decisão de banir as criptomoedas assim como fez a China.

Em fevereiro deste ano, Munger disse em uma entrevista que criptomoedas eram como uma “doença venérea”, algo “totalmente desprezível” e usado apenas por  chantagistas, sequestradores, evasores fiscais e terroristas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin, Ethereum e Solana desabam e R$ 1 bilhão são liquidados do mercado em uma hora

Bitcoin, Ethereum e Solana desabam e R$ 1 bilhão são liquidados do mercado em uma hora

O Bitcoin começou o dia cotado a US$ 71 mil; agora, seu preço desaba para a US$ 66 mil
Moedas de Bitcoin e Tether lado a lado

Tether detém mais de US$ 5 bilhões em Bitcoin para apoiar o USDT

A gigante das stablecoins adicionou ainda mais Bitcoin ao seu balanço no primeiro trimestre
Miniaturas de homens em cima de moeda de Bitcoin gigante fazendo medição pela metade

Halving do Bitcoin pode não ter efeito imediato no preço como mercado espera, diz Coinbase

Coinbase disse acreditar que o atual movimento de preços é apenas o começo de uma corrida de alta mais longa
Ilustração de mão segurando smartphone com logotipo da Toncoin

Toncoin (TON) bate recorde de preço e supera Cardano como 10ª cripto mais valiosa

O Toncoin (TON) da Open Network disparou nas últimas semanas e expulsou a Cardano do top 10 das criptomoedas