Vitalik-Buterin-Ethereum
Vitalik Buterin, criador do Ethereum (Foto: Flickr)

O criador do Ethereum, Vitalik Buterin, sugeriu em um post recente no X o uso de inteligência artificial (IA) para melhorar as auditorias de código e reduzir bugs em projetos de blockchain. A ideia recebeu apoio de desenvolvedores do Ethereum.

“Um tipo de uso de IA que me entusiasma é a verificação formal de código assistida para a descoberta de bugs”, escreveu Buterin no último domingo (18), acrescentando: 

Publicidade

“No momento, o maior risco técnico do Ethereum provavelmente são os bugs no código, e qualquer coisa que pudesse mudar significativamente o jogo seria incrível”.

Perguntado por um usuário se a ideia seria a verificação em em código e não em linguagem humana, o criador do Ethereum respondeu:

“É tudo um problema relacionado! Em última análise, um ‘bug’ é uma lacuna entre o código e a intenção humana, e a linguagem humana é a melhor maneira que temos de expressar nossa intenção, portanto, reduzir verdadeiramente os bugs acabará por exigir o trabalho simultâneo em ambos os domínios”.

A ideia de Vitalik Buterin poderia reforçar a segurança da indústria cripto, conhecida por explorações e golpes, disseram recentemente dois desenvolvedores do Ethereum ao site CoinDesk, que ressaltou sobre o tema.

Publicidade

Conforme relembra a publicação, em 2023, os usuários de criptomoedas perderam cerca de US$ 2 bilhões devido a hacks e golpes, com o Ethereum sofrendo as maiores perdas devido a sua extensa rede recheada de projetos relevantes.

IA pode ser treinada para a ideia de Vitalik Buterin

Um desenvolvedor que preferiu não revelar o nome disse ao CoinDesk que a IA pode ser treinada para reconhecer e se adaptar a novas informações e contextos, tornando-a mais eficaz na identificação de vulnerabilidades que podem não ser cobertas por regras de análise estática.

O site anotou também o comentário de outro desenvolvedor: “A capacidade da IA ​​de aprender e melhorar ao longo do tempo, combinada com sua capacidade de análise profunda e reconhecimento de padrões, posiciona-a como uma ferramenta poderosa para superar as limitações das auditorias assistidas por humanos”, explicou o dev também de modo anônimo.

Já o desenvolvedor RJ Ke, diz a publicação, comentou por meio do Telegram que acredita que os sistemas de IA poderiam prever vulnerabilidades com base em dados históricos e de previsão. Ele ressalta que a análise com IA, juntamente com a inspeção humana, poderia criar um forte mecanismo de verificação do sistema.

Publicidade

“Podemos acelerar o processo ensinando aos sistemas de IA o que procurar com base em experiências anteriores, permitindo-nos detectar possíveis preocupações antes que elas aumentem. A IA pode ajudar em tarefas altamente técnicas, como garantir que o código se comporte conforme o esperado sob diversas condições, disse o dev.

Ele concluiu: “Essa combinação de IA e inspeção humana não apenas fortalece nosso código, mas também nos oferece esperança de avanços ainda mais emocionantes no ecossistema Ethereum este ano”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda dourada de Bitcoin (BTC) sobre um gráfico de preço com candles indicando queda nos preços

Semana Cripto: Queda do Bitcoin derruba principais altcoins enquanto memecoins políticas permanecem voláteis

Bitcoin e Ethereum desabam em meio a narrativas sobre Mt. Gox e BTCs do governo da Alemanha
Celular com logotipo da BInance

Binance lista novos pares para Ethereum, Pepe, BNB e Solana

A corretora também vai incluir os novos pares em seu serviço de robôs de negociação
Imagem da matéria: Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Além de uma palestra de Vitalik Buterin, evento focado em Ethereum mostrou a força do Brasil na comunidade e reconhecimento como um hub na América Latina
Mão segurando celular com logo da Toncoin e no fundo ícones do Telegram

Rede TON do Telegram vai se conectar ao Ethereum via blockchain de segunda camada

Em meio ao boom dos jogos do Telegram, The Open Network está pronta para lançar uma camada 2 compatível com Ethereum em colaboração com a Polygon