Imagem da matéria: Venezuela: startup quer distribuir US$ 1 milhão em criptomoedas para população
Foto: Shutterstock

A plataforma mexicana de serviços financeiros ‘Airtm’, lançou uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar cidadãos venezuelanos, cujo tema é ‘Criptomoeda é imparável. Nenhum país precisa mais do que a Venezuela’.

Nomeada AirdropVenezuela, a ação visa não só ajudar as pessoas daquele país, mas também mostrar que é possível dar oportunidades de transformar um Estado assolado por hiperinflação a se reinventar por meio das criptomoedas.

Publicidade

“Trata-se de um experimento. Acreditamos que há um uso nas criptomoedas para ajudar pessoas em um ambiente de hiperinflação”, disse ao Portal do Bitcoin Ruben Galindo, CEO da AirTM, empresa responsável pela ação.

No site da plataforma, um dos dos também aborda a má situação do país caribenho. “A Venezuela deveria estar entre as nações mais prósperas. Suas reservas de petróleo são estimadas como as maiores do mundo. Tem uma população jovem, educada e uma cultura dinâmica fundamentada em princípios de liberdade e oposição destemida à tirania”. 

A campanha, que vai durar até o dia 31 de dezembro, pretende arrecadar US$ 1 milhão com doações de criptomoedas e distribuir o montante para 100.000 venezuelanos.

Os futuros beneficiários do airdrop terão que realizar um cadastro na plataforma da Airtm, que também é carteira online, para poder participar da seleção, que será por meio de verificação de identidade, bem como a situação social.

Publicidade

Feito isso, se o cadastro for aprovado, ele receberá US$ 10, que poderá ser usado, como informado no site do projeto, “para comprar alimentos, remédios e produtos importados escassos”.

A Airtm, segundo o Bitcoin Magazine, tem realizado ações da Zcash Company (emissora de criptomoeda focada em privacidade Zcash) junto a educadores e jornalistas venezuelanos. No início deste ano, a empresa integrou o Zcash como um meio alternativo na conversão de bolívares para dólares.

Na ocasião, Zooko Wilcox, CEO da empresa, disse o seguinte:

“Acreditamos que criptomoedas como a Zcash são benéficas para a proteção contra a hiperinflação, nas transações do dia a dia e no envio de valores das famílias para o exterior. Temos orgulho de apoiar a Airtm neste esforço para educar e capacitar os venezuelanos”.

As doações para a campanha podem ser feitas em Bitcoin, Ethereum, Ripple, Zcash e em mais seis criptoativos na plataforma airdropvenezuela.org.

Publicidade

A campanha alerta para que não sejam enviadas criptomoedas para nenhum endereço de carteira que não esteja listado no site.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Imagem da matéria: Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Depois que 5 bilhões de tokens GALA foram cunhados e roubados na segunda-feira, a Gala Games recuperou parte dos fundos em ETH – e ainda está descobrindo o resto
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance