Imagem da matéria: Valorização do Bitcoin pós-halving supera ouro em mais de 500%
Foto: Shutterstock

A valorização do Bitcoin (BTC) desde o halving de maio de 2020 supera, de longe, o desempenho do ouro e do S&P 500 (SPX) no mesmo período, conforme as informações do Ecoinometrics.

Dessa maneira, o Bitcoin valorizou quase 600% em 11 meses, quando saiu de aproximadamente US$ 8,7 mil para os US$ 59,7 mil. Enquanto isso, o o SPX valorizou cerca de 36%, ao subir dos 2,9 mil pontos para os 4,01 mil pontos atuais.

Publicidade

O ouro, por sua vez, valia US$ 1,69 mil em maio do ano passado. Agora, o metal está cotado em US$ 1,73 mil, o que representa um ganho de apenas 2,37% em quase um ano negociações.

Desempenho do Bitcoin, do ouro e do S&P500 desde maio de 2020 (Ecoinometrics)

Halving contribuiu para a valorização do Bitcoin

O halving aconteceu em 11 de maio de 2020. Nele, a recompensa dos mineradores pela adição de blocos à rede do Bitcoin foi cortada pela metade, num fenômeno que se repete a cada quatro anos, aproximadamente.

Assim, o halving diminuiu a recompensa por bloco minerado de 12,5 BTC para 6,25 BTC, o que equivale a US$ 372,8 mil ou R$ 2,12 milhões.

A quantia pode parecer alta, mas é necessário considerar que os mineradores têm gastos altos com equipamentos de informática e energia.

Publicidade

A razão para o halving é tornar o Bitcoin uma criptomoeda deflacionária. Logo, ao contrário das moedas comuns, como o Real e o dólar, o Bitcoin não sofre com a inflação, já que a sua emissão diminui com o tempo, ao invés de aumentar.

Investidores estão acumulando Bitcoin

Os investidores estão acumulando cada vez mais Bitcoin, conforme mostram os estudos da glassnode; a oferta ilíquida da criptomoeda fique em alta, enquanto a oferta líquida esteja caindo.

Na prática, isso significa que os acumuladores estão guardando bitcoins nas suas carteiras, enquanto os estoques de moedas em posse dos traders estão diminuindo.

A ocorrência demonstra que os investidores estão confiantes na valorização a médio e longo prazo do criptoativo. Isso, somado à característica deflacionária do BTC, aponta para uma possível valorização da moeda nos próximos meses.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

Trader transforma R$ 2 mil em R$ 17 milhões graças ao triunfo da Pepecoin (PEPE)

Ao comprar a memecoin após o lançamento, o trader teve um ganho de 7.368x no investimento
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”