logo da uniswap com gráficos ao fundo
Shutterstock

A Uniswap, principal exchange descentralizada (DEX), lançou uma carteira de criptomoedas para Android na quinta-feira (12), meses depois de fazer o mesmo na plataforma iOS da Apple.

O aplicativo está atualmente em versão beta, enquanto a empresa convida membros da comunidade DeFi para ajudá-la a testar a carteira antes que ela seja lançada de forma mais ampla aos usuários. De acordo com um tweet da Uniswap, cerca de 35.000 usuários já se inscreveram na lista de espera.

Publicidade

Alinhado com o lançamento beta, a equipe do Uniswap Labs também abrirá o código-fonte da iniciativa como parte de sua auditoria na Trail of Bits, uma empresa de segurança cibernética que oferece auditoria de blockchain e desenvolve ferramentas Web3 que identificam e corrigem vulnerabilidades em contratos inteligentes e outras partes do código.

Bridgett Frey, porta-voz do Uniswap Labs, disse ao Decrypt que o aplicativo Android está sendo lançado hoje em versão beta para “garantir que resolveremos” quaisquer problemas à medida que a empresa integra novos usuários, com um lançamento mais amplo esperado antes do final do ano.

De acordo com um publicação no blog da equipe do Uniswap, a carteira recém-lançada vem com um conjunto de recursos para o que a empresa considera “uma ótima troca”.

Uma postagem no blog anunciando o lançamento beta do aplicativo promete trocas em frações de segundo, fácil descoberta de novos tokens e preços transparentes que buscam destacar taxas que não são facilmente aparentes para os traders.

Publicidade

Outro recurso é a alternância automática entre redes principais de blockchain, como Ethereum, e redes de escalonamento de segunda camada, como Optimism ou Arbitrum.

Para usuários que desejam trocar seus ativos entre camadas, o Uniswap Labs afirma que a carteira Android adivinhará automaticamente o alvo desejado e fará a troca. Ela oferecerá acesso a Arbitrum , Polygon , Optimism , Base e BNB Chain.

Proteção da Uniswap contra invasores

Duas explorações comuns no DeFi são conhecidas como “ataque do sanduíche” e “ataques de front running”. O primeiro refere-se a quando um invasor faz uma troca entre duas transações para obter lucro; o outro ocorre quando um invasor vê uma transação pendente e, sabendo o preço pelo qual um token será trocado, envia sua própria troca.

Para defender os usuários contra esses tipos de ataques, o Uniswap adicionou “proteção contra swap” à carteira móvel Android. Essencialmente, os swaps agora terão como padrão um pool de transações privadas, defendendo os usuários de tais ataques.

Publicidade

O lançamento de hoje ocorre seis meses depois que o Uniswap lançou uma versão do aplicativo para o iPhone da Apple, que a equipe do Uniswap Labs disse ter se tornado um dos três principais downloads no mês em que foi lançado. Um porta-voz do Uniswap Labs não forneceu imediatamente estatísticas de download.

Referindo-se ao lançamento de hoje, Frey disse ao Decrypt que o Uniswap Labs “sempre soube que gostaríamos de seguir rapidamente o lançamento do iOS com um aplicativo Android, já que o Uniswap é um produto global e grande parte do mundo não usa Apple”.

O protocolo tem estado sob ataque regulatório nos últimos meses, depois que uma ação coletiva foi movida contra ele. O caso contra o Uniswap foi finalmente rejeitado pela juíza de Nova Iorque, Katherine Polk Failla, numa decisão que um jurista apelidou de “um estranho tipo de anomalia”.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

De 8 a 10 de outubro, pontos chave da cidade de Madri atrairão o ecossistema Web3 sob uma perspectiva de negócios, legal e técnica
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você
Sheik das criptomoedas Francisley Valdevino

Sheik das Criptomoedas usou “Banco do Crime” para lavar R$ 600 mil da pirâmide Rental Coins

Autoridades apontam a Cash Back como um dos maiores esquemas de lavagem de dinheiro em São Paulo