Imagem da matéria: Um único bloco da rede do Bitcoin processou sozinho 400 mil BTCs
Foto: Shutterstock

Uma quantia exorbitante de bitcoin foi processada no bloco 692828, adicionado à rede na noite de segunda-feira (27), conforme compartilhou no Twitter o perfil Documenting Bitcoin. O bloco incluiu 3.273 transações que movimentaram um total de 400.519 BTC.

Na atual cotação de US$ 40 mil do bitcoin, a quantia fica em torno de US$ 15,8 bilhões (R$ 80 bilhões). Isso representa 2,1% do fornecimento total da moeda, que hoje está em 18,7 milhões de BTC.

Publicidade

A cada 10 minutos os sistema gera um novo bloco cujo quantidade de Bitcoin varia bastante dependendo do peso de cada transação. Um total de US$ 15,8 bilhões é algo bastante incomum.

Como é possível checar nos dados públicos da blockchain, o bloco anterior a esse, o 692827, processou US$ 18,3 milhões. Já no bloco posterior, a quantia movimentada subiu para US$ 762 milhões.

Uma vez que foram mais de 3 mil transações validadas no bloco 692828, não foi viável identificar se teve uma transação específica responsável por movimentar uma quantia tão grande de bitcoins.

No entanto, foi possível notar um padrão em dezenas de transações incluídas no bloco de quantias altas e semelhantes que partiam de uma única carteira. Os tokens eram espalhados em seguida para diversos outros endereços, impossibilitando a identificação do destino final das criptomoedas.

Publicidade

O endereço de origem, no entanto, parece pertencer a corretora de criptomoedas Crypto.com, conforme o perfil de rastreamento de baleias Whale Alert já sinalizou anteriormente.

Esse formato de transação é bem comum no mercado de balcão (OTC) e é utilizado por exchanges para transferir grandes quantias de moedas com mais segurança, repartindo-as em várias outras transações menores.

A estratégia também é capaz de preservar a identidade de quem está recebendo os criptoativos, seja uma baleia ou um investidor institucional.

Taxas

Um outro fator que chama atenção no bloco 692828 foi a pequena taxa de 0.32 BTC destinada ao pool de mineração Poolin, responsável por validar aquelas transações. Para transacionar um montante de US$ 15,1 bilhões, a rede do bitcoin cobrou apenas US$ 12 mil em taxas.

Publicidade

Esse padrão de tarifas pequenas cobradas para transferir quantias exorbitantes de moedas já se tornou algo comum na rede do BTC, mas nem por isso deixa de chamar a atenção da comunidade. Alguns meses atrás, por exemplo, uma baleia pagou apenas R$ 5 de taxa para movimentar R$ 5,9 bilhões em bitcoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
miniaturas de pessoas minerando bitcoin em meio a pedras e folhagens

Renda de mineradores de Bitcoin cai para menor nível após o halving

A receita dos mineradores de Bitcoin caiu mais que a metade na virada de abril para maio
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares