Imagem da matéria: Twitter cria nova equipe para focar em aplicações descentralizadas
Foto: Shutterstock

O Twitter anunciou que está formando uma equipe com foco em criptoativos que irá explorar aplicações descentralizadas (ou dapps, na abreviação em inglês).

A nova equipe, chamada de Twitter Crypto (a fim de não ser confundida com a empresa original), será liderada por Tess Rinearson, cuja tarefa será desenvolver a “estratégia para o futuro das cripto ao (e no) Twitter”, afirmou a empresa de acordo com o Financial Times.

Publicidade

“Estou muito feliz de compartilhar que me uni ao Twitter para liderar uma nova equipe focada em cripto, blockchains e outras tecnologias descentralizadas, incluindo e indo além das criptomoedas”, tuitou Rinearson.

O que será a Twitter Crypto?

Twitter Crypto, de acordo com a própria empresa, tem tudo a ver com a descentralização das redes sociais e, possivelmente, até mesmo irá permitir que criadores de conteúdo ganhem criptomoedas.

“Estamos explorando formas de incorporar tecnologias descentralizadas em nossos produtos e nossa infraestrutura”, disse o Twitter.

A equipe também afirma estar pronta para ser um “centro de excelência para tudo o que envolver blockchain e Web 3”.

Twitter é liderado pelo CEO Jack Dorsey, um ávido fã do bitcoin (BTC). Square, a outra empresa de Dorsey, recentemente anunciou que está analisando a ideia de desenvolver ou não hardware para a mineração de bitcoin.

Publicidade

É a mais nova iniciativa em uma longa lista de anúncios feitos pela Square. O Cash App da Square já é uma forma popular de comprar bitcoin e, este ano, a empresa anunciou planos de criar um novo tipo de corretora descentralizada, cujo foco será no bitcoin.

O anúncio do Twitter vem em meio a uma nova sequência de pedidos para que redes sociais se descentralizem.

Redes sociais e a descentralização

O anúncio do Twitter é o mais recente em uma longa lista de iniciativas de descentralização nas redes sociais.

Esta semana, fundadores do Reddit e do Solana anunciaram uma iniciativa de US$ 100 milhões para tecnologias de redes sociais na Web 3. O anúncio foi feito durante a conferência Solana Breakpoint em Lisboa, Portugal.

“Preciso ser libertado das redes sociais centralizadas. Quero sair do Twitter”, afirmou Raj Gokal, cofundador do Solana.

“Tenho um prêmio especial para quem quiser me ajudar a sair e deletar minhas contas desses serviços centralizados”, acrescentou.

Talvez agora ele mude de ideia?

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Gary Gensler SEC in GOP Financial Services-Reprodução-Youtube

Presidente da SEC é questionado sobre ETFs de Bonk após aprovação de fundos de ETH

O presidente da SEC, Gary Gensler, adotou uma abordagem menos hostil em relação às criptomoedas em uma nova entrevista e foi questionado sobre o que vem a seguir
Imagem da matéria: IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

IA e mineração de Bitcoin vão obrigar rede elétrica do Texas a crescer mais que o previsto

CEO da ERCOT, que controla a rede elétrica do Texas, disse que nos próximos seis anos a capacidade do estado vai precisar praticamente dobrar
moedas de Bitcoin, Solana e Ethereum emparelhadas - ao fundo gráfico de mercado

O papel das criptomoedas como armazenamento de valor | Opinião

Em um cenário global de inflação, as criptomoedas podem servir como um porto seguro para proteger o poder de compra do seu patrimônio
Imagem da matéria: Investidor diz ter perdido US$ 1 milhão em ataque hacker na Binance

Investidor diz ter perdido US$ 1 milhão em ataque hacker na Binance

Investidor alega que, mesmo sem as senhas, hackers invadiram sua conta na Binance; exchange diz não ter culpa e que problema foi um plug-in malicioso