Imagem da matéria: Tutorial: Como se prevenir de grandes quedas do bitcoin e outras criptomoedas com o Long/Short Ratio
Foto: Shutterstock

O mercado de criptomoedas está atualmente em liquidação. Existem vários indicadores, fórmulas e análises para tentar entender o que está acontecendo com ele e assim buscar uma luz no fim do túnel.

Neste texto, vou ensinar sobre o uso de maneira prática e gratuita de um indicador que consegue apresentar quão alavancado está o ativo selecionado e até mesmo o que a maioria perdedora está fazendo para se livrar de grandes perdas.

Publicidade

Utilizando como exemplo, o par BTC/USDT no mercado de futuros, na Binance, o indicador Long/Short Ratio Accounts Ratio Global, representado por linhas brancas na parte inferior da imagem, exibe a relação entre os contratos de compras e de vendas no par selecionado.

Perceba que no seu topo, representado por uma linha amarela, o indicador chegou a 5.7, ou seja, existiam 5.7 contratos de compra a mais que de venda no Bitcoin.

Basicamente, Long = Compras. Short = Vendas. Ratio = Razão entre Compras/Vendas.

No topo de abril de 2022, representado por uma linha roxa, existia uma razão de 4.5 contratos a mais de compra do que de venda.

Historicamente, no Bitcoin é saudável um Long/Short Ratio abaixo de 3, representado por uma linha vermelha pontilhada. Atualmente o Long/Short Ratio está em 0.9, como mostra a linha verde, nos contando que o Bitcoin já está bem mais saudável que antes. Mas não é só isso!

Publicidade

Utilizarei agora o par ETH/USDT no período de 5 minutos como exemplo.

Faça o exercício: analise pernada por pernada e perceba o que geralmente acontece com o preço quando o Long/Short está subindo: ele cai! Quando o preço sobe, ele desce! E quando o indicador começa a se mover com o preço, tenha em mente que o movimento pode estar chegando ao fim.

Isso acontece, pois a maioria perde dinheiro no mercado de futuros.

No caso do ETH/USDT o valor mais saudável atualmente é aproximadamente abaixo de 2. Quando o indicador está acima desses valores saudáveis, entende-se que o ativo está super valorizado e com a ganância alta.

Porém, não é correto dizer que logo após estar acima do valor limite o preço deverá corrigir. Isso pode levar tempo. Esse indicador mostra quando o movimento não é saudável e não quando o mesmo será corrigido.

Onde encontrar esse indicador? Recomendo a plataforma Coinalyze por ser gratuita, mas também existem ferramentas pagas, como o TRDR. Ensinarei a configurar na primeira opção.

Publicidade

Acesse o site da Coinalyze e no campo de busca digite o ativo que busca / USDT Perp. Recomendo usar como corretora a Binance por ser a com maior volume e USDT pelo mesmo motivo.

No exemplo usei BNB/USDT Perp Binance. Se o que você buscou não foi exibido, significa que ainda não existe o contrato futuro desse par.

Em indicadores busque por: Long/Short accounts ratio global.

Altere o período gráfico para 1 dia, clicando em 5m, para conseguirmos observar uma amostragem maior de períodos. Clique em log pelo mesmo motivo.

Vale ressaltar que esse indicador serve para qualquer tempo gráfico entre 5 minutos e 1 dia. Essa plataforma possui outros indicadores livres para uso, porém, por não ser o foco, fecharemos o indicador BuySellVolume clicando no X.

Para encontrar o limite da região saudável basta verificar em qual valor aproximado o Long/Short Ratio costumava estar antes de grandes correções no preço.

Publicidade

No caso do par BNB/USDT encontrei o valor aproximado em 4. Isso é o mesmo que dizer que é saudável uma relação de até 4 contratos de compra para 1 de venda no par BNB/USDT segundo o Long/Short Ratio.

Para adicionar a linha horizontal basta pressionar Alt + H e clicar na região que deseja. Tanto o indicador como a linha podem ser personalizadas, basta clicar neles.

Clicando na linha e indo na aba ‘coordenadas’ é possível escrever exatamente o valor que deseja onde deverá ser exibida, ao invés de ficar arrastando manualmente no gráfico.

O Coinalyze tem uma data limite para a amostragem do indicador. Isso pode ser contornado por ferramentas pagas.

Este texto não é uma recomendação de compra ou venda. Teste os indicadores e ferramentas apresentados por sua conta e risco.

Sobre o autor

Paulo Alexandre é estudante de Engenharia de Software no IDP, em Brasília. É investidor e apaixonado por tecnologia. Tem como missão ajudar as pessoas no revolucionário mundo das Criptomoedas e Blockchain.

VOCÊ PODE GOSTAR
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar
Banco Central se reunirá hoje com Facebook para debater proibição do WhatsApp Pay

“Inserimos com o Drex o conceito de tokenização nos sistemas dos bancos”, diz Campos Neto

O presidente do BC participa do Emerging Tech Summit, evento do Valor Capital Group em São Paulo
Imagem de Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin

Gilmar Mendes mantém prisão de Glaidson Acácio dos Santos, criador da GAS Consultoria

A defesa do ‘Faraó do Bitcoin’ alegou problemas psiquiátricos e uso de medicamento controlado, além de questionar a jurisdição acerca da competência para os processos
Sede da Braiscompany em Campina Grande, Paraíba

TRF anula contrato e Braiscompany é condenada a pagar R$ 50 mil a cliente

O contrato de serviço de cessão temporária de criptoativos foi anulado pela 17ª Vara Cível de Brasília