Imagem da matéria: Turquia acusa governo de Israel de usar criptomoedas para recrutar espiões no país
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan (Foto: Shutterstock)

A Turquia acusou o serviço de inteligência de Israel, o Mossad, de usar criptomoedas para recrutar espiões no país enquanto tenta rastrear e sequestrar palestinos que vivem na Turquia, segundo informações do Financial Times.

Na última terça-feira (2), o ministro do Interior da Turquia, Ali Yerlikaya, anunciou a detenção de 34 pessoas ligadas ao Mossad após ataques em todo o país.

Publicidade

Anteriormente, ele disse que os suspeitos foram detidos em diversos locais, incluindo Istambul, como parte de uma operação chamada “Operação Toupeira”, acrescentando que se acredita que o objetivo deles era identificar, monitorar, agredir e sequestrar cidadãos estrangeiros que viviam na Turquia.

De acordo com um alto funcionário turco, os suspeitos “estavam envolvidos em operações de reconhecimento, vigilância, assalto e sequestro e/ou conspirações contra cidadãos estrangeiros [na Turquia] em nome da Mossad”.

Segundo a agência de notícias Reuters, o oficial turco afirma que os recrutas foram pagos pelo Mossad através de intermediários e criptomoedas para que os fundos não pudessem ser rastreados.

No mês passado, autoridades turcas alertaram Israel sobre “sérias consequências” se tentasse caçar membros do grupo Hamas que vivem fora dos territórios palestinos, inclusive na Turquia. O presidente Tayyip Erdogan alertou que isso seria um erro.

Publicidade

Diferente da maioria dos países ocidentais, a Turquia não reconhece o Hamas como um grupo terrorista.

A Turquia criticou duramente Israel pelo bombardeamento de Gaza na guerra com o Hamas, com Erdogan e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, trocando farpas publicamente.

You May Also Like
Imagem da matéria: Fundador do 'Axie Infinity' sofre hack de US$ 9,5 mi em Ethereum

Fundador do ‘Axie Infinity’ sofre hack de US$ 9,5 mi em Ethereum

Ao todo, cerca de 3.250 ETH (US$ 9,5 milhões) foram roubados das carteiras da rede Ronin e enviados para três carteiras Ethereum separadas
Moeda de Bitcoin em cima de cooler

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) pisa no freio, mas segue perto de US$ 52 mil; Coinbase volta a lucrar após dois anos

Bitcoin e Ethereum registram pouca variação nesta sexta após subirem forte nos últimos dias
Imagem da matéria: Por que o jogo cripto Pixels abandonou a Polygon antes de lançar seu token na Ethereum

Por que o jogo cripto Pixels abandonou a Polygon antes de lançar seu token na Ethereum

Fundador Luke Barwikowski do jogo explica por que a Pixels migrou da Polygon para a Ronin antes do lançamento do grande token PIXEL
polícia civil do ceará apreende carros de luxo

Polícia apreende R$ 14 milhões em bens de grupo suspeito de golpe com criptomoedas; influencer é um dos alvos

Durante a operação “Restauração” na sexta-feira, agentes da Polícia Civil do Ceará sequestraram carros de luxo, imóveis, criptomoedas e outros bens