Imagem da matéria: Trader aposta 60 mil ethers em forte oscilação que deve ocorrer em breve
Foto: Shutterstock

O mercado de opções de Ethereum (ETH) sofreu uma mudança brusca, conforme reportado pela página Blofin Academy na manhã desta terça-feira (16). Um trader desconhecido colocou 60 mil ethers em jogo para uma operação financeira que aposta em alta volatilidade no primeiro semestre deste ano e baixa volatilidade no segundo semestre.

A operação consistiu na compra de 60 mil ‘contratos de compra’ de ETH com vencimento em 30 de junho e a compra da mesma quantidade em ‘contratos de venda’ de ETH com vencimento em 29 de setembro — conforme explicado por Marcel Pechman, especialista brasileiro no mercado financeiro e de criptomoedas.

Publicidade

Marcel explicou para o Portal do Bitcoin que o trader é beneficiado pela volatilidade e teria resultado positivo (lucro) se o preço do ETH despencar para baixo de US$ 1.600 ou subir muito, superando os US$ 2.800 por unidade. Ele teria prejuízo na permanência de preço entre US$ 1.820 e US$ 2.450.

Pechman conta que, quanto antes o preço oscilar, melhor para a posição atual deste trader. Quanto mais ele esperar para encerrar as operações, executando os contratos de opção, mais risco é acumulado e maior o prejuízo potencial — que poderia chegar a 3.500 ETH.

Segundo o tweet da Blofin Academy, o melhor cenário geral para esse trade seria uma queda constante no preço do Ethereum, mas, conforme explicado pelo especialista, ele também conseguiria lucrar um pouco menos com um “pump”.

A página de educação da exchange Blofin acredita que o trade pode ser motivado pela expectativa das dívidas dos Estados Unidos atingirem o teto no mês de junho.

Publicidade

Na semana passada o executivo da Lisk anunciou o plano da empresa em trocar 1.000 BTC pela quantia equivalente em ETH, como parte de um novo direcionamento financeiro da companhia, apostando no futuro do Ethereum.

Conversando com o Portal do Bitcoin, João Paulo, CEO da Nox Bitcoin, acredita que a operação é de altíssimo risco se observada de forma isolada e explica que ela é chamada de “Operação Calendário”. No caso, o trader montou uma estrutura complexa de compra e venda de contratos de opções.

“O melhor cenário para ele é o ether primeiro subir [até o primeiro vencimento em junho] e depois cair [até o vencimento em setembro], para conseguir o ganho máximo”, segundo João Paulo.

O executivo da Nox também conta que, mesmo se tratando de uma operação isolada de altíssimo risco, para entender melhor a exposição do trader seria preciso observar sua carteira completa. Pois essa operação poderia ser realizada em paralelo com outras operações, gerenciando melhor os riscos envolvidos em cada uma delas.

Publicidade

Em resposta ao tweet da Bloofin Academy, um usuário anônimo comentou que essa mesma entidade já realizou operações semelhantes em outras ocasiões.

No momento de redação, o Ether é negociado por US$ 1.818 no mercado à vista global e por R$9.048,50 no Brasil, segundo o Índice de Preço do Ethereum (IPE).

Na sexta-feira (12) a rede do Ethereum passou por um mau-funcionamento, que foi corrigido e, nos últimos dias, a demanda por staking de ETH vem aumentando, com depositantes tendo de esperar cerca de 26 dias para concluir suas operações de stake e, assim, tornarem-se validadores da rede.

*Correção: A primeira versão deste texto trazia que a operação foi de venda dos contratos de compra de ETH. Na verdade, foi uma operação de compra. A informação foi corrigida.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Imagem da matéria: Tether e Circle "imprimem" US$ 1,25 bilhão em stablecoins em um único dia

Tether e Circle “imprimem” US$ 1,25 bilhão em stablecoins em um único dia

Desde o início do ano já foram emitidos US$ 30 bilhões em stablecoins; aquecimento parece estar relacionado à expectativa pelos ETFs de Ethereum
Imagem da matéria: Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

De 8 a 10 de outubro, pontos chave da cidade de Madri atrairão o ecossistema Web3 sob uma perspectiva de negócios, legal e técnica
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

PEPE e BONK valorizam mais de 30% nas últimas 24 horas

Memecoin PEPE bateu sua máxima histórica nesta terça-feira (21), em momento de forte aquecimento do mercado cripto