Imagem da matéria: Token da DYDX sobe 23% após corte de metade das recompensas para a corretora descentralizada
Foto: Shutterstock

O DYDX, token nativo da exchange descentralizada (DEX) de mesmo nome, registra uma alta de 23,6% nesta segunda-feira (13) em que grande parte das criptomoedas se recuperam das perdas dos últimos dias, causadas pelo colapso de importantes bancos dos EUA.

O preço do DYDX, no entanto, reage mais a mudanças importantes dentro do ecossistema do que às tensões que imperam no cenário macroeconômico.

Publicidade

O token começou a disparar até bater uma máxima no dia de US$ 2,46 após a comunidade da DEX concluir uma votação que decidia sobre a diminuição das recompensas de trading distribuídas aos usuários da plataforma de negociação. 

Corte de recompensas

A proposta que defendia a redução em 45% das recompensas de negociação foi a vencedora da disputa com 25,7 milhões de votos a favor e cinco milhões contra.

Na prática, a proposta vai reduzir as recompensas de negociação de 2.876.712 DYDX por época para 1.582.192 DYDX. Os tokens restantes (1.294.520 DYDX) que deixarão de ir para os traders serão agora redirecionados para o Tesouro de Recompensas da dYdX e poderá ser usado pela comunidade que participa do projeto para diferentes fins que poderão ser decididos por meio de votações de governança.

“Na atual desaceleração do mercado, acreditamos que as recompensas de trading permanecem excessivas e são as que mais contribuem para a inflação anual de tokens”, diz um trecho da proposta aprovada. “O mais importante é que o DYDX retido terá um impacto significativo na capacidade das DAOs de financiar iniciativas de maneira sustentável e controlada.”

Publicidade
Alta do DYDX nesta segunda-feira (13) (Fonte: CoinMarketCap)

DYDX

A DYDX é uma exchange descentralizada, o que significa que ela não faz a custódia dos fundos dos usuários e executa as negociações por meio de contratos inteligentes baseados no Ethereum, usando a solução de segunda camada da StarkWare.

A dYdX parece atrair traders especialmente pela oferta de derivativos na sua plataforma. Diferente de outras DEXs como Uniswap e PancakeSwap, a dYdX não foca apenas nas negociações à vista e permite que os seus clientes negociem contratos futuros perpétuos, com alavancagem de até 25 vezes.

No site oficial, a dYdX explica que o seu foco é a oferta de contratos perpétuos, sendo as negociações à vista e margem produtos secundários, que podem ser descontinuados no futuro.

Com a expectativa de que a queda das recompensas distribuídas pela DEX diminuam o despejo de DYDX no mercado, o token voltou a subir nesta segunda-feira. Como resultado, o DYDX foi capaz de voltar para a lista das 100 maiores criptomoedas do mundo na 99ª posição, com um valor de mercado de US$ 378 milhões, segundo o CoinMarketCap.

Publicidade

Embora o DYDX ainda acumule uma perda de 4,7% no mês, desde o dia 1º de janeiro o ativo já valorizou 112%.

VOCÊ PODE GOSTAR
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
criptomoedas caindo no fogo

Volume de negociação em corretoras de criptomoedas cai pela 1ª vez em 7 meses

Análise aponta que guerra no Oriente Médio e freio no fluxo dos ETF cripto dos Estados Unidos foram os motores para a queda