Imagem da matéria: The Last of Us: Hackers aproveitam estreia da série de TV para invadir computadores e roubar carteiras
Poster da nova série da HBO, The Last of Us (Foto: HBO/Reprodução)

Hackers estão tirando proveito do hype em torno de The Last Of Us, a nova série de TV da HBO lançada no domingo (15), com o intuito de aplicar golpes nos fãs da produção e do videogame que a inspirou.

De acordo com a empresa de cibersegurança Kaspersky, os golpistas estão sendo capazes de esvaziar carteiras de seus alvos ao infectar seus computadores com malware. 

Publicidade

O vírus está sendo distribuído principalmente em sites fraudulentos que oferecem o download do jogo “The Last of Us Part II” para PC – mas na verdade é um malware, que permite que os golpistas acessem o computador da vítima.

Ao invadir a máquina, os golpistas podem roubar dados pessoais da vítima, como as chaves de acesso a carteiras de criptomoedas, dados bancários salvos no computador, e assim por diante.

O golpe está claro, uma vez que o jogo de PlayStation sequer está disponível para computador. O lançamento oficial para essa plataforma previsto para acontecer apenas em março.

Tirando proveito dessa desinformação, fraudadores criaram sites para fazer as vítimas baixarem o arquivo malicioso em vez do jogo real. 

Publicidade
Cibercriminosos oferecem o download de "The Last of Us Part II", que sequer foi lançado para PC (Fonte: Kaspersky)
Cibercriminosos oferecem o download de “The Last of Us Part II”, que sequer foi lançado para PC (Fonte: Kaspersky)

“Este arquivo pode se esconder no computador sem ser detectado por um longo período — você não saberá que algo está errado porque pode não causar nenhum dano visível, somente ao descobrir que seus dados pessoais foram utilizados para outra fraude”, explicam os especialistas da Kaspersky. 

Falso jogo

Os hackers também estão espalhando vírus por meio de sites que fingem  oferecer código de ativação para os jogadores que desejam piratear o “The Last of Us”. 

Para baixar o arquivo com o código, os usuários devem escolher um dos “presentes” que receberão junto com o jogo: como um gift card de US$ 100 ou um console de PlayStation 5. Para ganhar o suposto presente, no entanto, o usuário deve inserir suas credenciais e dados do cartão bancário para pagar uma taxa de comissão. 

Se o usuário cai no esquema, ele tem o dinheiro roubado e os dados fornecidos são usados posteriormente em outros esquemas de fraude.

Publicidade
O vírus também é espalhado em sites que oferecem código de validação do jogo (Fonte: Kaspersky)
O vírus também é espalhado em sites que oferecem código de validação do jogo (Fonte: Kaspersky)

“The Last of Us” deverá ter um verdadeiro boom no início de 2023, considerando o tempo que milhões de fãs do game estão esperando pela série. Curiosamente, em vez de oferecer um acesso prévio à série, os cibercriminosos escolheram um caminho diferente e estão distribuindo arquivos maliciosos disfarçados do jogo”, diz Olga Svistunova, expert em segurança na Kaspersky.

“Isso mostra que os gamers, especialmente os novos que ainda não sabem o suficiente sobre cibersegurança, estão entre os principais público-alvo dos cibercriminosos, e eles criarão mais e mais maneiras de explorá-los”, completa a especialista.

Ela faz recomendações de segurança para o usuário não caia em um golpe como esse. Entre as dicas está evitar clicar em links que prometem visualizações antecipadas de filmes, séries ou jogos; verificar a autenticidade do site antes de inserir dados pessoais; verificar os formatos de URL e a ortografia do nome da empresa.

A expert também recomenda prestar atenção às extensões dos arquivos que você está baixando, já que um arquivo de vídeo nunca terá uma extensão .exe ou .msi; e usar uma solução de segurança confiável que identifique anexos maliciosos e bloqueie sites de phishing.

  • Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!
VOCÊ PODE GOSTAR
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”
Imagem da matéria: Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Memecoins como a EPIK estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Isso é bom ou ruim?
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Hong Kong bane Worldcoin por coleta de dados “desnecessária e excessiva”

A Worldcoin chegou a escanear o rosto e a íris de 8.302 indivíduos durante sua operação em Hong Kong, segundo autoridades
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Câmara dos EUA aprova nova lei cripto em dia decisivo para ETFs de Ethereum

Manhã Cripto: Câmara dos EUA aprova nova lei cripto em dia decisivo para ETFs de Ethereum

Nesta quinta-feira termina o prazo para a SEC aprovar ou rejeitar o ETF de Ethereum da VanEck