Imagem da matéria: Tether vai parar de emitir a stablecoin USDT em três blockchains
Foto: Shutterstock

A Tether, empresa por trás da stablecoin pareada ao dólar mais usada no mundo, anunciou nesta quinta-feira (17) que vai deixar de emitir o USDT em três blockchains. Entre elas está Kusama — uma das redes do ecossistema da Polkadot —, Bitcoin Cash SLP e Omni Layer. 

A empresa esclarece que faz avaliações periódicas para decidir se utiliza ou não uma blockchain para emitir seus tokens. Se uma blockchain não obtém uma tração significativa ao longo de um período prolongado de tempo e não mostra sinais de recuperação nos indicadores de uso, a Tether avalia que manter o suporte a essas redes se torna ineficiente e compromete a segurança do ativo.

Publicidade

A surpresa maior foi na interrupção do suporte de USDT na Omni Layer, que foi a primeira camada de transporte que a Tether utilizou em 2014. 

“A Omni Layer, construída sobre o Bitcoin, desempenhou um papel crucial no início da jornada da Tether, e reconhecemos as contribuições e inovações que a equipe fez para o cenário cripto”, diz a nota da Tether, antes de explicar por que está abandonando a rede:

“Ao longo dos anos, a Omni Layer enfrentou desafios devido à falta de tokens populares e à disponibilidade do USDT em outras blockchains. Isso levou muitas exchanges a preferirem camadas de transporte alternativas, resultando em uma queda no uso do USDT no Bitcoin através da Omni Layer. Como uma organização baseada em princípios, devemos permanecer consistentes e transparentes, e aderir a processos abertos, mesmo que isso envolva escolhas difíceis.”

A Tether afirma que se houver um aumento da utilização da exchange descentralizada da Omni Layer e o avanço no seu protocolo de emissão de tokens (incluindo NFTs), a empresa poderia reconsiderar a volta da emissão de USDT via Omni no futuro.

Publicidade

Emissão será interrompida hoje

O grupo explica que deixará de emitir USDT na Omni, Kusama e BCHSLP já a partir desta quinta-feira, 17 de agosto. A Tether vai continuar a oferecer o resgate de USDT nas redes excluídas nos próximos 12 meses, mas recomenda que os usuários troquem o USDT dessas redes para outras que seguem disponíveis.

“Queremos assegurar à nossa comunidade que essa transição será executada meticulosamente e com o mínimo de interrupções. Nossa principal prioridade continua sendo entregar uma experiência de usuário perfeita, e estamos comprometidos em facilitar uma transição sem complicações”, finalizou a empresa.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
Imagem da matéria: Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta sexta (12)

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta sexta (12)

Procurando a combinação diária e o código cifrado para sexta-feira, 12 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar no jogo do Telegram, Hamster Kombat
Tela de celular mostra logotipo Drex- no fundo notas de cem reais

Qual é o problema de privacidade do Drex e por que é tão difícil resolvê-lo

Em maio, o Banco Central adiou o projeto do Drex para resolver problemas de privacidade, mas o que isso significa?
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio