Imagem da matéria: Tesla de Elon Musk ainda detém R$ 1,9 bilhão em Bitcoin

Embora a Tesla não tenha mencionado o Bitcoin em seu relatório de ganhos trimestrais mais recente, os analistas concluíram que as participações do criptoativo na Tesla Inc. (TSLA) permaneceram estáveis no último trimestre de 2023.

São mais de 9,720 BTC em posse da fabricante de carros elétricos, avaliados em aproximadamente US$ 387 milhões (R$ 1,9 bilhão) a preços atuais, de acordo com o Bitcoin Treasuries, um agregador que segue carteiras BTC conhecidas no mundo dos negócios.

Publicidade

A jornada da Tesla no Bitcoin começou em fevereiro de 2021 com um investimento substancial de US$ 1,5 bilhão, adquirindo cerca de 43 mil BTC após uma interação entre Elon Musk e Michael Saylor, CEO da MicroStrategy

A empresa liderada por Elon Musk aceitou brevemente o Bitcoin como pagamento antes que as preocupações com o impacto ambiental levassem a uma mudança de estratégia, vendendo 75% de suas participações no segundo trimestre de 2022 para reforçar sua posição de caixa em meio às incertezas relacionadas à COVID.

Tanto as compras de BTC da Tesla quanto a rejeição da Tesla ao Bitcoin provocaram movimentos tangíveis no mercado de criptomoedas. O BTC atingiu um recorde histórico depois que Elon postou no X sobre a Tesla ser favorável ao Bitcoin e, em seguida, perdeu mais de 75% de seu valor depois que Elon postou uma posição contrária ao Bitcoin, citando a preocupação com o impacto ambiental da mineração da criptomoeda.

Em contraste com os movimentos da Tesla, a MicroStrategy aumentou ainda mais seu portfólio de Bitcoin. A empresa, cofundada por Michael Saylor, é a empresa de capital aberto com a maior tesouraria de BTC, com 89.150 BTC em participações no valor de US$ 8,1 bilhões. Nem um único satoshi foi vendido pela MicroStrategy desde a primeira compra.

Publicidade

A Tesla é a terceira empresa na classificação, superada apenas pela Marathon Holdings.

Os resultados da Tesla

O último relatório de lucros da Tesla, publicado na quarta-feira (24), foi recebido com uma queda de 14% nas ações devido à fraca receita de automóveis e avisos de crescimento mais lento em 2024.

O relatório indicou um aumento marginal na receita total, 3% a mais do que no ano anterior, mas uma queda notável na margem operacional para 8,2%. O relatório enfatizou os desafios enfrentados pela montadora, o que não é algo que os investidores queiram ouvir.

Apesar desses contratempos, o lucro líquido da Tesla mais do que dobrou no trimestre, principalmente devido a um benefício fiscal não monetário significativo. Olhando para o futuro, a empresa está se concentrando no lançamento de seu “veículo de próxima geração” no Texas, o que pode afetar o crescimento do volume de veículos em 2024.

Elon Musk, durante a chamada de resultados, abordou questões sobre seu desejo de possuir 25% da Tesla, indicando um interesse em uma possível mudança para uma estrutura de ações de duas classes. Seus comentários ressaltaram as tensões contínuas entre a liderança corporativa e os conselhos consultivos de acionistas.

Publicidade

“Tivemos muitos desafios atendendo os acionistas institucionais (…) e há muitos ativistas que basicamente se infiltram nessas organizações e têm ideias estranhas sobre o que deve ser feito, portanto, quero ter o suficiente para ser influente”, disse ele. “Se pudéssemos fazer um estoque de classe dupla, seria o ideal. Não estou buscando mais riqueza e poder. Só quero ser um administrador eficaz de uma tecnologia muito poderosa.”

A incursão da empresa no setor de inteligência artificial e na robótica — marcada pelo lançamento da x.AI (uma startup de propriedade de Elon, mas independente da Tesla) e pelo desenvolvimento do robô humanoide Optimus — representa um pivô significativo. 

Musk descreveu o Optimus como “o potencial de exceder em muito o valor de todo o resto combinado” para a Tesla. A introdução do Cybertruck no mercado também marca um momento crucial para a empresa, com uma capacidade estimada para construir mais de 125 mil veículos por ano.

A Tesla vendeu 75% de seu estoque de BTC no segundo trimestre de 2022 por US$ 936 milhões. Se a venda ocorresse em qualquer momento após 28 de abril, a empresa teria mais dinheiro hoje do que recebeu com as vendas de carros de dois anos atrás.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

“O que vier a seguir está nas mãos de Deus”, disse o dev após assumir o roubo
Imagem da matéria: CEO da Grayscale deixa cargo: "Momento certo para transição"

CEO da Grayscale deixa cargo: “Momento certo para transição”

A Grayscale, uma das maiores gestoras de criptomoedas do mundo, anunciou que Michael Sonnenshein está deixando o cargo de CEO
Craig Wright posa para foto

Craig Wright mentiu “extensiva e repetidamente” sobre ser o criador do Bitcoin, diz juiz

“As tentativas do Dr. Wright de provar que ele era/é Satoshi Nakamoto representam um abuso muito sério do processo deste tribunal”, disse o juiz
Imagem da matéria: Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Depois que 5 bilhões de tokens GALA foram cunhados e roubados na segunda-feira, a Gala Games recuperou parte dos fundos em ETH – e ainda está descobrindo o resto