Imagem da matéria: "Tem R$ 500 mil meus", diz criador dos perfis no Instagram que denunciam influencer de pirâmides
Rafael Oliveira, no centro, com o ainda mais famoso Gabriel Rodrigues, provendo a DD Corporation (Foto: Arquivo pessoal)

A prosperidade material e as frases motivacionais divulgadas por Rafael Oliveira no Instagram têm por trás um passado de envolvimento com pirâmides financeiras, denunciado por perfis na rede social. E todos eles foram criados pela mesma pessoa.

“Não falo em nomes”, diz ele, ao ser questionado pela reportagem. No entanto, afirma ser ex-integrante da TeamMillion. Ela se define como uma “Escola de Insights criada para inspirar, gerar ideias e oferecer as ferramentas necessárias pra quem sonha em chegar lá”.

Publicidade

De acordo com as denúncias, no entanto, ela é uma criação do próprio Oliveira — em associação com outros parceiros — e atuou em conjunto com a BinaryBit, um famoso esquema de pirâmide que ruiu em 2019.

“Fui um dos laranjas dele. E além de laranja ele me roubou, como roubou várias pessoas”.

O ex-aliado conta que perdeu cerca de R$ 500 mil por causa de Oliveira. Junto com familiares, vendeu quatro apartamentos para investir no negócio divulgado pelo influencer.

Diante do prejuízo e da falta de assistência por parte de Oliveira e outros líderes, decidiu criar os perfis no Instagram para recordar o passado que eles desejam manter escondido. Quando um esquema cai, as postagens antigas costumam ser apagadas para não deixar pistas sobre o envolvimento.

“Quero desmascarar essa quadrilha”, resume.

As postagens revelam o passado de Rafael Oliveira e de outros envolvidos, como o youtuber Gabriel Rodrigues — que ostenta vida de luxo nas redes sociais e é ligado à DD Corporation, outro esquema fraudulento que lesou milhares de pessoas.

Publicidade

O material foi obtido de registros do próprio criador dos perfis e a partir de ex-integrantes da TeamMillion que se desiludiram com o esquema.

Além desta, Rafael Oliveira também tem histórico com esquemas como DD Corporation e Digital Money.

Denúncias de extorsão

Após a publicação da reportagem sobre Rafael Oliveira, o influencer se manifestou e disse ser vítima de extorsão por parte dos perfis, que pediram 12 Bitcoins —algo perto de R$ 500 mil, na cotação atual.

“Os perfis foram criados com o intuito de pedir dinheiro ao influenciador digital e, uma vez que Rafael não compactuou com tal extorsão, tais perfis começaram a divulgar todas as acusações infundadas e a pressioná-lo a enviar uma grande quantia de dinheiro para uma carteira de bitcoin”, diz a defesa do influencer.

Questionado pela reportagem sobre a extorsão, o criador dos perfis afirma que “apenas quer seu dinheiro de volta”.

“Estamos de favor na casa de parentes, tem dias nem comer, comemos”, disse.

Passado revelado no Instagram

Com 631 mil seguidores no Instagram, Rafael Oliveira se coloca como um entusiasta do universo das criptomoedas, e mescla frases motivacionais com fotos que mostram seu alto padrão de vida.

Publicidade

As denúncias quanto ao passado, no entanto, mancham a aura de bem sucedido do influencer. Entre as pessoas com as quais Oliveira já se relacionou estão o CEO da DD Corporation, Leonardo Araújo, e o youtuber Gabriel Rodrigues, que também captava clientes para o esquema da DD.

Oliveira chegou a protocolar uma ação na Justiça de São Paulo para tentar tirar do ar os perfis. O pedido, no entanto, foi negado por configurar censura prévia e pela carência de indícios apresentados por Oliveira que caracterizem difamação infundada por parte dos perfis (orafaeloliveira_estelionatarioorafaeloliveira_golpe171)

O que diz Rafael Oliveira

Sobre as citações que o ligam a pirâmides, Oliveira afirmou via assessoria que “já divulgou oportunidades dentro do marketing multinível, porém nunca compactuou com investimentos com promessas de ganhos”.

Sobre a DD Corporation, o influencer diz que chegou a vender os cursos de criptomoedas oferecidos pela empresa, mas que se afastou dela quando a mesma começou a focar na venda do robô de operações de arbitragem.

Por fim, a respeito da BinaryBit, Oliveira diz que deixou de recomendar a empresa “assim que viu que a BinaryBit não divulgava relatórios dos resultados de suas operações reais”.

Publicidade

Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM aplica multa de R$ 680 mil em corretora promovida por Ronaldinho Gaúcho

Promovida pelo ex-craque da Seleção, Ronaldinho Gaúcho, a Olymp Trade prometia retornos de até 92%
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

“Jogo do Tigrinho” deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

A liberação do “Jogo do Tigrinho” deve ser feita por meio de portaria que será emitida pelo Ministério da Fazenda
Imagem da matéria: Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Também foram potencialmente expostos dados como nome do usuário, CPF com máscara, instituição de relacionamento, agência e número da conta
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM julga hoje a Olymp Trade, corretora proibida no Brasil promovida por Ronaldinho Gaúcho

A plataforma forex prometia retornos de até 92%