Imagem da matéria: Tá com medinho? Três provas que o Bitcoin segue com fundamentos inalterados
Dinheiro de investidores institucionais pode criar novo bull run (Foto: Shutterstock)

Quando entrei no mercado em 2017 não havia fundos ou empresas com bilhões de dólares em Bitcoin, e não se cogitava como moeda oficial de algum país. Alguns meses depois, ocorreu a disputa pelo aumento do tamanho do bloco, apoiada por mineradores, exchanges, e até mesmo Roger Ver, um dos maiores defensores do Bitcoin. 

Havia muita incerteza, e o processo de fork (divisão) era desconhecido. Portanto, muitos temiam pelo pior, o gasto-duplo ou um congelamento da rede por semanas. Mas isso foi em 2017!

Publicidade

Atualmente temos ETF no Brasil e Canadá, fundo Grayscale GBTC com 20 bilhões de dólares, Microstrategy, El Salvador, Fidelity, Stanley Druckenmiller, Paul Tudor Jones, Cathie Wood, atualização Taproot, Kraken com licença de banco, Coinbase listada, OKEx e Bitfinex com saques e depósitos em Lightning, e muito mais!

Mineração após ataque chinês

Abaixo temos os blocos encontrados na noite de sábado (26). O Bitcoin possui um dispositivo de segurança que reajusta a dificuldade de mineração a cada 2.016 blocos minerados. Portanto, mesmo que você derrube 70% deles, os demais vão ser suficientes para manter a rede funcionando.

Na ponta oposta, comprar mais máquinas de mineração não “acelera” a emissão de Bitcoin. O mecanismo irá aumentar a dificuldade e, no próximo, ajuste a rede irá compensar esse período de forma automática.

Nenhum Bitcoin confiscado

O governo chinês pode fechar contas bancárias, bloquear acesso à sites, AliPay, WeChat, ou sei lá o que. No entanto, qualquer cidadão pode enviar e receber Bitcoin usando satélite ou SMS. Não é necessário o uso da internet, nem conhecimento avançado em robótica.

Publicidade

Ao mesmo tempo, não há nada que nenhum governo ou empresa possa fazer para bloquear determinado endereço de transacionar na rede. Ou seja, o poder deles no Bitcoin é nulo. No máximo, criam uma “sobretaxa” para a compra e venda no mercado paralelo. 

Um simples pendrive (OpenDime) pode carregar Bitcoin de forma segura para entrega física. Em resumo, nem energia elétrica precisa!

Rede Lightning está ganhando corpo

Os 12 mil nodes públicos com canais ativos da rede Lightning, a segunda camada do Bitcoin, já contam com uma capacidade total de 50 milhões de dólares. A população de El Salvador, que ultrapassa os 4 milhões de adultos, está adotando o sistema, capaz de realizar micro-transações de forma instantânea, e sem custo.

Enquanto as shitcoins abrem mão da descentralização em troca de agilidade, a rede Bitcoin segue basicamente inalterada desde sua criação, incluindo política monetária e mecanismo de consenso. Cada vez fica mais difícil argumentar que o BTC não é moeda, ou que não é escalável. Por isso, sigo muito otimista.

VOCÊ PODE GOSTAR
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas