Roger Nils-Jonas Karlsson
Roger Nils-Jonas Karlsson no momento da prisão (Foto: Divulgação)

O Departamento de Justiça (dos Estados Unidos anunciou o indiciamento de Roger Nils-Jonas Karlsson e da sua empresa, Eastern Metal Securities (EMS), na última quinta-feira (4). O acusado enganou mais de 3,5 mil vítimas em golpes com Bitcoin (BTC) e ouro, através da EMS. Os ganhos com atividade ilícita somam mais de US$ 16 milhões (R$ 91 milhões), de acordo com a publicação oficial.

A acusação foi feita pelo Departamento em março de 2019, sendo que a prisão aconteceu em junho do mesmo ano, na Tailândia. Karlsson foi, então, extraditado para os Estados Unidos para enfrentar a justiça. Ele se declarou culpado de todas as acusações perante a corte americana, ainda em julho de 2019. Após a prisão, a empresa que o criminoso administrava foi dissolvida.

Publicidade

Golpista prometia ouro aos investidores

Segundo as autoridades, o criminoso convencia as vítimas a investirem na EMS por meio da compra de cotas que custavam menos de US$ 100 (R$ 363, na cotação da época). Em retorno, ele oferecia o pagamento de 1,15 quilo de ouro por cota. Naquela época, isso era equivalente a mais de US$ 45 mil de recompensa, ou R$ 165 mil.

Nessa linha, os clientes da EMS enviavam pagamentos via Bitcoin (BTC) e outras criptomoedas para as contas do suposto empresário. Ele oferecia uma “garantia” de 97% do dinheiro investido, na hipótese do não pagamento das barras de ouro. O Departamento de Justiça alega que o golpista não tinha os fundos para pagar as vítimas. Logo, o dinheiro era transferido para a conta pessoal de Karlsson, que comprou casas de luxo e um resort na Tailândia.

Punição pode chegar a 40 anos

Agora, Karlsson está sendo acusado de lavagem de dinheiro e de fraude eletrônica (“wire fraud”). Como ele transferiu os fundos para o exterior, a competência do crime é considerada federal, pela justiça americana.

O cidadão de origem sueca pode enfrentar até 40 anos de cadeia; 20 deles se referem às fraudes, enquanto os outros 20 dizem respeito à lavagem de dinheiro. Ele também pode pagar multas de até US$ 750 mil (4,3 milhões) por conta dos crimes praticados. Isso não exclui a possibilidade de outros reparos e indenizações que a justiça considerar apropriados para o caso.

Publicidade

É possível que a punição fosse ainda mais severa, caso o criminoso não tivesse declarado a própria culpa. Nos Estados Unidos, a declaração de culpa (“to pledge guilty”, no termo em inglês) serve para evitar penas mais severas. No caso, ela é comum quando o acusado não acredita na absolvição perante a Justiça.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Em seu lançamento, a stablecoin da Ripple estará disponível nas blockchains XRP Ledger e Ethereum, com planos de expansão
Imagem da matéria: Hackers invadem prefeitura, roubam R$ 6 milhões da Caixa e convertem fundos em criptomoedas

Hackers invadem prefeitura, roubam R$ 6 milhões da Caixa e convertem fundos em criptomoedas

PF faz operação nesta manhã contra grupo que sacou dinheiro da Caixa após invadir o sistema GovConta da prefeitura de Telêmaco Borba (PR)
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

Agência federal de fiscalização dos Estados Unidos começa a olhar para games cripto

Comprar vidas extras ou ganhar tokens em um jogo do tipo play-to-earn equivale a um “banco em games e mundos virtuais”, diz agência
Imagem da matéria: STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

De acordo com as investigações, a pirâmide criada pelo belga prejudicou milhares de investidores em diversos países europeus