Imagem da matéria: Startup quer lançar primeiro longa de Hollywood financiado por NFTs
Foto: Wikimedia Commons

Uma nova startup quer produzir o primeiro longa-metragem completamente financiado por tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês) em uma tentativa de acabar com o o que chamam de “clube da velha-guarda” da indústria cinematográfica.

A NFT Studios irá emitir NFTs para financiar a produção da comédia dramática “A Wing and a Prayer” (algo como “Uma Asa e Uma Oração”, em português), baseada na história real de Brian Milton, o primeiro homem a circum-navegar o globo em uma aeronave ultraleve.

Publicidade

A produção americana e britânica quer começar as filmagens em abril de 2022 em Malta e Londres e busca ser o “primeiro longa-metragem a ser financiado apenas pela emissão de tokens NFT”.

Invenção do produtor executivo de Hollywood Niels Juul, a NFT Studios é parcialmente financiada por um apoio de US$ 1 milhão da britânica NFT Investments. Suas produções serão financiadas por distribuições de NFTs com base nos filmes em sua lista de produções.

“As distribuições de NFTs vem com vantagens a nível de produção executiva, como ir ao set de filmagens durante um dia, conhecer alguns dos talentos, ganhar coisas como materiais e comparecer às estreias física e digital”, explicou Jonathan Bixby, presidente executivo da NFT Investments e cofundador da empresa de mineração de bitcoin Argo Blockchain.

O filme “A Wing and a Prayer” será baseado nas façanhas do piloto Brian Milton (Imagem: NFT Studios)

Os tokens também darão aos apoiadores uma participação dos lucros do filme, afirmou Bixby. “Basicamente, a ideia é compartilhar a vantagem dos resíduos de um filme a longo prazo.”

Publicidade

Criando uma comunidade cinematográfica

O objetivo, segundo Juul, é “democratizar o processo” da produção de filmes e fazer com que “uma audiência engajada que também são nossos investidores estejam [envolvidos] no filme ao mesmo tempo”.

Ele argumentou que NFTs e cripto representam o início de “uma nova era” na criação, distribuição e financiamento de filmes. “É outro passo na direção de reduzir a distância entre criadores e suas audiências.”

“Existe um clube da velha-guarda em Hollywood que receberá um alerta sobre isso”, afirmou.

NFTs representam uma mudança na governança da propriedade intelectual (ou IP) de estúdios centralizados a uma comunidade de fãs, argumentou Bixby: “Se você pensar no que estamos fazendo, estamos possuindo a IP desde o início. Em seguida, essa governança é traduzida às pessoas que irão se beneficiar com isso: os fãs e a comunidade”.

Niels Juul, cofundador do NFT Studios (Imagem: NFT Studios)

A indústria cinematográfica e os NFTs

A indústria cinematográfica não demorou para aproveitar o potencial dos NFTs, tokens criptografados únicos que podem ser usados para comprovar a governança de conteúdos, como arte, música ou vídeo.

Publicidade

Estúdios cinematográficos lançaram NFTs junto com “blockbusters”, incluindo “Duna” e “Homem-Aranha: sem Volta para Casa”. Além disso, uma recente briga entre a Miramax e o diretor Quentin Tarantino de sobre NFTs com base no filme “Pulp Fiction: Tempo de Violência”, ilustram a importância que Hollywood atribue à crescente tecnologia.

Enquanto isso, conforme projetos NFT, como CryptoPunks and Bored Ape Yacht Club (ou BAYC), explodem em popularidade, seus criadores correram para garantir representações seguras para possíveis projetos cinematográficos e televisivos.

Alguns pioneiros já tentaram distribuir filmes na forma de NFTs.

Da parte do NFT Studios, estão focando em tirar “A Wing and a Prayer” do chão. Mas têm ambições maiores. “Tenho cerca de nove projetos que estão de lado, esperando por esses tipos de oportunidade”, afirmou Juul.

“Alguns são um produto amplamente comercial, alguns são temáticos e alguns, honestamente, também têm uma agenda de política social. Gostaríamos de ter filmes que passam uma mensagem positiva para o mundo; se pudermos fazer isso ao mesmo tempo em que pudermos criar comunidades, seria melhor ainda.”

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização de Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin e grafico de mercado

Traders de Bitcoin miram US$ 74 mil já na próxima semana com nova onda de fluxo positivo para ETFs

Com ETFs registrando quatro dias seguidos de entradas e dados de inflação nos EUA abaixo do esperado, o Bitcoin já começou a retomar a alta e superou os US$ 66 mil
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump agora aceita doações em Bitcoin e cumpre promessa com relação às criptomoedas

Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Solana, Shuba Inu e XRP estão entre criptomoedas aceitas pela candidato Donald Trump 
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”