O diretor Quentin Tarantino é conhecido por fazer as coisas de seu próprio jeito então, talvez, não seja surpreendente que seus primeiros tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês) vão se destacar do restante.

Criados na Secret Network, os NFTs terão um conteúdo bônus que só poderá ser visualizado pelo dono de cada colecionável.

Publicidade

Tarantino irá lançar um total de sete NFTs baseados em seu inovador filme “Pulp Fiction: Tempo de Violência” de 1994, que só serão leiloados por meio do marketplace OpenSea.

Cada NFT possui uma cena sem cortes do filme e possui um conteúdo bônus, incluindo páginas do script escritas à mão, novos comentários de Tarantino e outros detalhes sobre o filme e o próprio diretor.

No entanto, apenas o dono de cada NFT poderá acessar o conteúdo bônus.

É o primeiro projeto a ser lançado usando a tecnologia Secret de NFTs da Secret Network, quer permite que criadores de conteúdo decidam quais elementos dos colecionáveis serão públicos e quais serão privados aos donos.

Também permite que compradores escolham se sua governança será de conhecimento público ou não.

Tarantino criou os NFTs em parceria com o SCRT Labs, a equipe de desenvolvimento principal da Secret Network. Ontem (2), ele participou do evento NFT.NYC para discutir o projeto junto com uma demonstração da tecnologia.

Publicidade

Um NFT atua como um contrato de governança de um item digital e rato por ser verificado por uma rede blockchain.

O mercado de NFTs disparou para quase US$ 10,7 bilhões de volume negociado no terceiro trimestre de 2021 e, atualmente, a Ethereum é a maior plataforma para tais colecionáveis e obras de arte tokenizados.

Secret Network é um blockchain de primeira camada que permite contratos autônomos (código que serve de alicerce para NFTs e aplicações descentralizadas) com funcionalidade de privacidade integrada, escondendo certos dados confidenciais da exibição pública.

É considerado como uma possível solução para o desenvolvimento de dapps e soluções de Finanças Descentralizadas (DeFi) que lidam com informações pessoais.

Publicidade

No mundo dos NFTs, SCRT Labs sugere que a funcionalidade pode ser usada para coisas como galerias privadas e leilões com lances confidenciais.

Também pode ser utilizada para “loot boxes” em videogames cripto ou para propostas relacionadas ao mundo real, como passaportes e ingressos digitais.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Ripple anuncia programa contínuo de bolsas em dinheiro para programadores do Brasil

Meta é que comunidade de programadores crie soluções na XRP Ledger, blockchain usada pela empresa e que tem o token nativo XRP
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo
Imagem da matéria: Corretoras fazem ação para ajudar vítimas de enchentes no RS; 4 vão dobrar doações de usuários

Corretoras fazem ação para ajudar vítimas de enchentes no RS; 4 vão dobrar doações de usuários

Binance irá doar vouchers de tokens BNB para moradores do Rio Grande do Sul, enquanto Bitso, Foxbit, Bybit e OKX irão dobrar os valores doados por seus clientes
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas